Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

CBA avança em projeto de produção de bauxita

Mais notícias relacionadas a suprimentos industriais:

Nanopartículas de óxido de zinco
Partículas individuais de óxido de zinco têm tamanho reduzido, que pode chegar a até 20 ...


Diferenças entre resinas e polímeros
Polímeros passam por um processo especial, chamado polimerização; já as resinas apresentam capacidade de serem ...


Titânio em pó
O processo de transformar o metal em pó não deixa resíduos e mantém a durabilidade ...


A Companhia Brasileira de Alumínio (CBA) está prestes a iniciar a exploração de sua nova mina de bauxita em Mirai, Minas Gerais, com capacidade para 3 milhões de toneladas por ano, informou o diretor da empresa Carlos Parisi. "A nova minha vai garantir auto-suficiência de bauxita para uma expansão na produção alumínio para 470 mil toneladas por ano", disse Parisi.

A expansão das atuais 400 mil toneladas por ano deve ser finalizada até abril de 2007 e vai atender tanto à demanda doméstica quanto aos mercados externos, informou.

"A nova produção da Mirai vai complementar os 2,5 milhões de toneladas de bauxita concentrada que produzimos por ano em nossas minas de Itamarati e Poços de Caldas, também em Minas Gerais", acrescentou Parisi.

A mina Mirai, que deve entrar em operação em meados de 2007, vai produzir inicialmente até 1 milhão de toneladas de bauxita concentrada por ano para ser usada na refinaria de alumina Alumínio da CBA, que alimenta o fundidor de alumínio instalado na região, afirmou Parisi.

"A nova capacidade restante de bauxita, de 2 milhões de toneladas por ano, será mantida em reserva, para o caso de futuras expansões de fundidores", informou o executivo. "Gostaríamos de eventualmente expandir para uma capacidade de 600 mil toneladas por ano de alumínio primário", disse.

Energia

Parisi informou, entretanto, que a ampliação vai depender da disponibilidade de energia elétrica para o projeto.

A mina de Mirai representa um investimento de R$ 100 milhões e vai usar equipamentos importados, informou o executivo, acrescentando que a bauxita será transportada por 800 quilômetros por trem, de Mirai para a cidade de Alumínio.

Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a suprimentos industriais:

O que é velcro industrial

O velcro® de força industrial é uma marca de prendedores feitos pela Velcro Industries. Essa versão do produto já conhecido da marca foi concebida para aplicações mais pesadas ...
Plástico resistente ao calor

Plástico resistente ao calor é um corpo de material composto de substâncias químicas sintéticas, usualmente polímeros, os quais criam uma variedade de propriedades físicas. Átomos ...
Tipos de pó inseticida

Pó inseticida é usado para matar vários tipos de insetos ao ar livre e dentro de ambientes. No interior de edifícios, o pó é aplicado ao longo das rachaduras perto ...
Para que são usados os inseticidas

Inseticidas são de uso comum na agricultura, bem como em plantas em jardins e espaços vivos, com o intuito de controlar a invasão de uma matriz aparentemente ...
Usos do naftaleno

O naftaleno, ou naftalina, é um produto químico utilizado para fazer inseticidas, lubrificantes, resinas, solventes muitos outros produtos de consumo comerciais. Este pó sólido branco é mais conhecido como naftalina ...
Usos da DMDM-hidantoina

Dimetilol dimetil-hidantoína (DMDM-hidantoína), é um ingrediente conservante comum encontrado em produtos cosméticos, na produção de materiais de construção e em artigos domésticos. O composto qu ...
Produção de formaldeído

Compostos orgânicos, simples ou complexo, podem ser produzidos de várias maneiras. Apenas os de melhor custo-benefício podem ser utilizados para a produção comercial. A produção ...

Suprimentos Industriais
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Suprimentos Industriais


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google