A Kennametal vai investir mais R$ 6 milhões em sua fábrica recém-inaugurada em Indaiatuba (SP). Esses recursos vai permitir aumento de 25% na capacidade de produção, que estava prevista para ocorrer apenas em março de 2007.

"Antecipamos as obras por causa da demanda industrial e automotiva e dos bons resultados de vendas nos primeiros meses do ano", disse Marcelo Pruaño, diretor-geral da Kennametal do Brasil à Gazeta Mercantil. Basicamente os recursos serão empregados na compra de novas máquinas.

Pruaño informou à Gazeta Mercantil que a matriz resolveu focar seus investimentos nos mercados em desenvolvimento, e que o Brasil passará a ser um ponto-chave para a corporação na América Latina. "A partir do ano que vem a unidade brasileira começa a atender o Mercosul, sobretudo Chile e Argentina". Pruaño informou ainda que dentro de três anos a fabrica brasileira passará a exportar para México, EUA e União Européia. A meta é que as exportações representem 30% da produção.

Segundo o diretor, até o final de junho a capacidade instalada da unidade está tomada, com dois turnos de produção. A partir de julho, a empresa vai adicionar um terceiro turno, seis dias por semana.

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia