CNC Tecnologia lança torno-fresadora CNC compactoNo mercado há 18 anos, a CNC Service se especializou na prestação de serviços de retrofitting. Ao longo desse período, em geral retrofitando máquinas e equipamentos de grande porte, a empresa notou uma lacuna no mercado, a de máquinas de pequeno porte (ou de microporte) para a produção de peças de microusinagem.

Com este conceito, a empresa desenvolveu o torno CNC compacto MMC-L, lançado em 2002. O início da fabricação deu origem a uma nova empresa, a CNC Tecnologia, também instalada em Santa Bárbara DOeste (SP). Dois anos depois, foi a vez do lançamento da fresadora CNC compacta. Na Feira da Mecânica 2006, em maio, lançou o torno e fresadora CNC conjugados compacto MMC-LM.

"Nos últimos dois anos, visitamos feiras de máquinas nos Estados Unidos e na Itália e nos asseguramos que não existem no mundo máquinas similares as nossas", informa Lilian Perez, gerente Comercial da CNC Tecnologia. Segundo Lilian, esse fato estimulou a direção da empresa a ampliar os esforços no desenvolvimento e fabricação e, inclusive, a dar entrada no pedido de patente.

Lilian conta que o projeto foi desenvolvido visando também a sua aplicação na área de ensino, que até aqui só dispunha de máquinas importadas com essas características. "Temos visto algumas máquinas paradas em escolas técnicas, por falta de peças, já que essas instituições têm grandes dificuldades de importar as peças da Europa", conta.

O torno-fresadora permite aplicar os conceitos de torneamento e fresamento num mesmo equipamento, possibilitando a alteração entre os modos de funcionamento torno e fresa, sem a necessidade de substituição de hardware ou software do sistema CNC. O projeto também se preocupou em manter o aspecto visual, deixando o sistema de coordenadas visualmente compatível para cada equipamento (torno = XZ / fresadora = XYZ). "Para as escolas, isso significa a possibilidade de preparar os treinamentos aos alunos demonstrando de forma explícita os conceitos de torneamento e fresamento em máquinas CNC, sem a necessidade de investimentos em equipamentos distintos".

A programação do CNC utiliza a linguagem ISO, com as funções preparatórias e miscelâneas usuais para cada modo de operação. Não existe a necessidade de funções ou sub-rotinas para aplicação dos recursos de um conceito em outro. São dois softwares distintos rodando num único sistema de comando numérico. Além disso, todo o material de apoio instrucional foi desenvolvido em conjunto com o Centro Senai Fundação Romi - Formação de Formadores.

A máquina - que pesa cerca de 600 kg - é equipada com guias lineares, fusos de esferas, servoacionamentos, válvulas, sistema de lubrificação centralizado dos mesmos fabricantes que fornecem ao mercado de máquinas-ferramenta. Quanto ao CNC, as três versões produzidas pela CNC Tecnologia podem ser equipadas com os modelos de todos os fabricantes de CNC que atuam em nosso mercado. A motorização também é equivalente às de máquinas CNC de maior porte, incluindo a possibilidade de integração com automações externas. A bancada para o suporte da máquina possui rodas com sistema de freios, facilitando a locomoção e otimização do espaço interno onde será manuseado.

Lilian Perez conta que a apresentação da máquina na Feira da Mecânica, além das escolas técnicas, atraiu o interesse de empresas de diferentes segmentos. "Estamos descobrindo vários nichos para a utilização da máquina, como implantes odontológicos e ortopédicos, peças para a indústria têxtil etc. "Para uma indústria de fechaduras, fornecemos uma máquina adaptada à necessidade do cliente", conta. A CNC Tecnologia também realizou acordo com a Sandvik Coromant e está fornecendo as máquinas com kit para torno e fresamento, voltados para a produção de peças microusinadas.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos