A República Popular da China aumentou 102%, em Junho, o volume de exportação de aço para um recorde mensal de 4,43 milhões de toneladas, segundo adiantou a agência Xinhua.

O saldo (excedentário) com as trocas da indústria siderúrgica totalizou 2,76 milhões de toneladas no mês analisado, evidenciando um acréscimo de 36% face ao mês precedente, de acordo com dados das autoridades alfandegárias chinesas.

Entre Janeiro e Junho, o total de aço exportado pela China ascende a 10,57 milhões de toneladas.

Parte do aumento observado em Junho, é explicado pela entrada em vigor de uma medida fiscal, a partir de Agosto, ao abrigo da qual os exportadores deixam de obter um estorno dos direitos de exportação pagos.

Por outro lado, a produção industrial continuou a crescer a ritmo bastante robusto em Junho, com aumento homólogo de 26,3% no VAB (valor acrescentado bruto) da indústria transformadora, acima do ritmo de expansão registado em Maio (+23,8%), referem dados do bureau de estatística da República Popular.

Basicamente, o aumento da produção industrial foi suportado pela indústria pesada (maquinaria, metalurgia e veículos de transporte) e pela indústria transformadora, sobretudo a de bens de consumo cuja produção subiu 23,4%.

Autor(es): Dinheiro Digital

facebook      twitter      google+

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional