A siderúrgica alemã ThyssenKrupp registrou lucro antes de impostos recorde nos três meses encerrados em junho, com todas suas divisões exibindo melhora de números a exceção do segmento automotivo, informou a companhia.

As siderúrgicas têm crescido bastante nos últimos anos, impulsionadas pelo forte crescimento econômico mundial, demanda da Ásia e aparente redução do movimento cíclico da indústria, graças a uma onda de consolidações.

O lucro da ThyssenKrupp antes dos impostos subiu 40 por cento para 806 milhões de euros (1 bilhão de dólares) no terceiro trimestre fiscal, incluindo despesa de 24 milhões de euros pelo fechamento de uma unidade de autopeças em Detroit.

“Com exceção do setor automotivo, os resultados são tão bons quanto podem ser. No entanto, vai ser difícil manter esses níveis, particularmente por causa da volatilidade das vendas e resultados de aço inoxidável”, escreveu o analista da Kepler Equities, Rochus Brauneiser.

A ThyssenKrupp elevou sua projeção de receitas para o ano fiscal 2005/06 para cerca de 46 bilhões de euros, ante meta anterior de mais de 44 bilhões de euros.

Às 10h25 (horário de Brasília), as ações da ThyssenKrupp ganhavam 0,46 por cento, na bolsa de valores de Frankfurt.

Autor(es): Por Christiaan Hetzner / Reuters

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas