No dia 1º de setembro, foram anunciadas as empresas vencedoras da etapa catarinense do Prêmio CNI/Fiesc. Na categoria Qualidade e Produtividade, a Metalúrgica Riosulense S/A conquistou o 1º lugar. Um grupo de trabalhadores da empresa desenvolveu uma máquina que otimizou o processo de fosfatização das peças. Antes, o processo era manual. A inovação trouxe à metalúrgica uma série de benefícios: economia anual da ordem de R$ 400 mil, aumento de produtividade em torno de 300%, redução do esforço físico do trabalhador, aumento da segurança, redução de impactos ambientais, entre outros. O segundo lugar desta categoria ficou com a Whirlpool, unidade de eletrodomésticos, e o terceiro lugar, com projeto desenvolvido na Wetzel.

Na categoria Desenvolvimento Sustentável, o projeto vitorioso foi o da Eliane S/A Revestimentos Cerâmicos, que propôs uma forma de reaproveitar os resíduos sólidos gerados no processo de fabricação.

Os 12 projetos apresentados totalizaram economia de mais de 2 milhões de reais. "Os benefícios são muito maiores, pois se refletem na competitividade do produto catarinense e na melhoria do ambiente de trabalho", salienta o diretor regional do Senai, Sérgio Roberto Arruda.

As 12 empresas que chegaram à etapa estadual passaram por etapas classificatórias, realizadas em oito regiões do Estado de meados de julho ao início de agosto. A disputa retrata uma metodologia de trabalho que estimula os próprios trabalhadores a uma análise crítica do processo produtivo e a gerar melhorias que traduzem ganhos na qualidade e produtividade, benefícios sociais como redução dos riscos de acidentes de trabalho e ambientais cuja expressão econômica nem sempre é dimensionada.

Em 14 edições das etapas nacionais do Prêmio CNI, as empresas de Santa Catarina já obtiveram nove vezes a primeira classificação, além de acumular vários segundo e terceiro lugares. O reconhecimento à cultura da melhoria contínua da produção acontece desde 1990 no Estado, quando o Senai/SC criou o Torneio Catarinense de Equipes da Qualidade e Produtividade. O sucesso da competição inspirou a criação, no ano seguinte, do Prêmio CNI de Incentivo à Qualidade e Produtividade.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Feiras & Eventos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Feiras & Eventos