A Companhia Vale do Rio Doce começou a negociar os preços do minério de ferro que vigorarão até março de 2008. De acordo com a agência Beijing News, as conversas começaram em Xangai.

As siderúrgicas chinesas, lideradas pela Baosteel Group, se reuniram com uma delegação brasileira, chefiada pela Companhia Vale do Rio Doce. A delegação brasileira ainda se encontrará essa semana com consumidores de minério de ferro no Japão e Europa.

"Estamos trabalhando com a possibilidade de concluir a negociação em um período mais curto e de forma menos desgastante do que foi no ano passado", disse o diretor-executivo da Vale, José Carlos Martins, em teleconferência realizada nessa sexta-feira pela Bovespa.

Na previsão da mineradora, a demanda global por minério de ferro deve crescer entre 6% e 8% no próximo ano. A informação foi dada pelo diretor José Carlos Martins. Segundo ele, o aumento da oferta ficará em torno de 50 a 55 milhões de toneladas.

A última negociação só foi fechada com as siderúrgicas chinesas em junho deste ano. O aumento foi de 19%, mas a China lutou até o fim para que a alta fosse inferior a esse patamar. Em 2005 a alta chegou a 71,5%.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia