A Arcelor Mittal está menos inclinada a vender suas operações com aço inoxidável depois do segmento registrar um forte desempenho neste ano, informaram fontes da companhia à Reuters.

Comunicados anteriores da companhia e rumores do mercado vinham indicando que a venda estava nos planos da empresa, mas agora o maior grupo siderúrgico do mundo está mais decidido a investir nas operações de aço inoxidável em vez de buscar um comprador.

“A Arcelor Mittal está se concentrando em reforçar ainda mais a performance de sua operação global de aço inoxidável, que é um ativo em crescimento e que adiciona valor”, disse um porta-voz da empresa.

Fontes na companhia recentemente informaram à Reuters que a chance de uma venda caiu significativamente.

Uma importante fonte da Arcelor disse que os negócios com aço inoxidável tiveram fortes resultados em 2006 e que atualmente não há planos para vender a unidade.

“Ao contrário, estamos pensando em consolidá-la”, disse a fonte.

Fontes da empresa tinham informado anteriormente que o grupo alemão ThyssenKrupp tinha mostrado interesse na divisão no ano passado.

O porta-voz da companhia insistiu que a Arcelor Mittal quer manter suas opções em aberto.

“Nenhuma decisão sobre alternativas estratégicas para inoxidáveis foi tomada”, disse o representante da companhia.

Em novembro, o vice-presidente-executivo Jean-Yves Gilet afirmou em uma conferência que a venda seria possível.

A Arcelor Mittal foi formada quando a Mittal Steel assumiu a Arcelor este ano. A transação envolveu também a Arcelor Brasil, que tem operação de aço inoxidável.

Aço inoxidável é utilizado em diversas áreas, de arranha-céus a colheres, e é uma parte tradicional dos negócios da Arcelor. Em 2005, a companhia produziu cerca de 2 milhões de toneladas do produto na França, Bélgica e Brasil. Por outro lado, a Mittal Steel nunca tinha trabalhado com o material antes da união com a siderúrgica européia.

Autor(es): Reuters

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas