Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Arcelor disputa usinas com Gerdau

Mais notícias relacionadas a empresas:

Golden apresenta lâmpadas com elevado fator de potência
Linha possibilita usar luz fluorescente em locais grandes com pé direito alto, oferecendo ótima iluminação.


Banco do Brasil facilita compra de equipamentos
BB Crédito Empresa serve para companhias que faturam até R$ 90 milhões anualmente


Honda Brasil investe em energia eólica
Novo parque de energia irá suprir toda a demanda da fábrica de Sumaré (SP) e ...


A Arcelor Brasil, controlada pela Arcelor Mittal - maior siderúrgica do mundo, com produção superior a 100 milhões de toneladas por ano -, vai disputar com o Grupo Gerdau as pequenas produtoras de aços longos na América Latina. A companhia, que no Brasil reúne os ativos da Companhia Siderúrgica de Tubarão (CST), Vega do Sul e Belgo - além de uma participação na Acesita -, já rastreou as oportunidades de aquisições na região e identificou pelo menos 20 negócios.

Segundo Leonardo Horta, diretor de relações com investidores da Arcelor Brasil, esse é o grupo de empresas com produção inferior a 1 milhão de toneladas de aço longo por ano e potenciais alvos de oferta.

“Nos próximos cinco anos, a empresa deverá anunciar muitas aquisições na região. Somos um grupo consolidador e há muitas oportunidades sendo avaliadas nestes momento”, explica Horta. O objetivo é manter-se como um grande grupo siderúrgico também na América do Sul e Central para enfrentar a Gerdau, classificada como “competidor agressivo”.

Em 2006, a Gerdau desembolsou US$ 1 bilhão para aquisições. Foram seis compras: a Siderperu, no Peru; a Callaway, Fargo, Sheffield e Pacific, nos Estados Unidos; e a Sidenor, na Espanha. Agora, a Gerdau tenta participar de um leilão na Colômbia, onde a empresa já domina o mercado de aços longos. Até 2009, a Gerdau tem mais US$ 4 bilhões para investimentos, US$ 1,6 bilhão no exterior.

Horta afirma que a empresa pretende adquirir pelo menos mais 2 milhões de toneladas de capacidade no período de cinco anos. Ele mesmo considera a possibilidade de as aquisições no período superarem esse volume. “Não tomem esse número como um volume final”, recomendou o diretor, em conferência de imprensa, ontem à tarde, durante a apresentação do balanço financeiro de 2006.

A produção de aço bruto da empresa atingiu recorde de 10,1 milhões de toneladas no ano passado, o que trouxe uma receita operacional líquida de R$ 14,1 bilhões, 5% acima do registrado em 2005. Para 2007, a Arcelor Brasil pretende ampliar a produção de aço longo e aço plano. Segundo Horta, a previsão é que a empresa produza 5 milhões em aços longos. Em aços planos, a previsão do diretor é que a produção atinja 6,4 milhões de toneladas, já como efeito parcial da expansão de 2,5 milhões de toneladas na CST.

O balanço, anunciado ontem, mostrou que a Arcelor Brasil registrou uma queda de 30,3% no lucro líquido em 2006. A empresa fechou o exercício com lucro líquido de R$ 2,26 bilhões.

Horta disse que três fatores foram determinantes para a redução do lucro líquido: valorização do real frente ao dólar, que afetou o resultado das exportações - receita que responde por 33% do faturamento; elevação no custo de insumos, principalmente o minério de ferro; e o efeito contábil provocado pela valorização do real frente o peso, que minimizou os ganhos da Acindar, na Argentina.

No último trimestre, o lucro líquido da Arcelor Brasil dobrou em relação ao mesmo período de 2005. De outubro a dezembro, a empresa lucrou R$ 820 milhões, contra R$ 397 milhões em 2005.

Agência Estado

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a empresas:

O que é espionagem industrial

A espionagem industrial é uma tentativa de obter acesso a informações sobre planos da empresa, produtos, clientes ou segredos comerciais. Na maioria dos casos, tal conduta, especialmente quando se trata ...
Minério de ferro e ouro impulsionarão lucro da Vale

O avanço no preço do minério de ferro, que cresceu aproximadamente 23% até março, na comparação com o quarto trimestre de 2012, e o acordo ...
Kia Motors faz recall no Brasil

No dia 1º de maio, tem início o recall dos carros modelos Soul, Carens, Carnival e Sorrento (anos 2007 e 2008) e Sorento (2009 a 2011), da montadora Kia ...
Agrale apresenta caminhões na Agrishow 2013

A Agrale apresenta na Agrishow 2013 dois modelos da sua linha de caminhões, o Agrale 8700 e o 14000. A feira acontece entre os dias 29 de abril e ...
Klüber Lubrication investe na gestão do conhecimento

A subsidiária da América Latina da Klüber Lubrication, especializada em soluções com lubrificantes especiais, definiu a gestão do conhecimento como um dos principais pontos da ...
Fiat ultrapassa 5 milhões de carros flex feitos no Brasil

A Fiat ultrapassou nesta semana a marca de 5 milhões de automóveis e comerciais leves produzidos com a tecnologia Flex Fuel. Atualmente, 99% dos veículos produzidos para ...
Bener Presses lança máquina de corte laser por fibra ótica

Na Feimafe 2013, o Grupo Bener apresentará a máquina de corte laser por fibra óptica modelo BLS-F 3015/2000, da Baykal, fabricante turca representada exclusivamente desde 2011 no Brasil ...

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google