Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Keter/Kombat exporta brocas especiais para a Ásia

Mais notícias relacionadas a comércio internacional:

Taiwan: mercado promissor de produtos siderúrgicos
Cenário dos laminados planos é dominado pela China Steel Corporation (CSC), única empresa com usinas ...


O que são exportações invisíveis
Também conhecidas como exportações intangíveis, incluem pagamentos, licenciamento e repatriação de lucros entre empresas.


Camex anuncia redução de imposto de importação até 2014
Máquinas e bens de informática não produzidos no Brasil


Keter/Kombat exporta brocas especiais para a ÁsiaA Kombat, empresa coligada à Keter, está fazendo trajetória inversa à de muitos fabricantes: está exportando para a Ásia. Em janeiro, seguiu para uma montadora asiática o primeiro lote de brocas e alargadores de metal duro inteiriços especiais com canais polidos. A empresa prefere não divulgar o nome do cliente, apenas revela tratar-se de uma grande indústria, com fábricas em vários países.

O gerente da Kombat, Afonso Prebianchi, explica que o cliente tomou conhecimento dos produtos por intermédio de uma de suas subsidiárias instaladas no Brasil, mais precisamente em Manaus. "As negociações demoraram cerca de seis meses, entre testes, auditorias e visitas a nossa fábrica, concluindo com a homologação das nossas ferramentas", informa.

Conforme Prebianchi, o interesse da empresa se deve ao processo desenvolvido pela Kombat para a produção de canais polidos, com acabamento espelhado. "Esse desenvolvimento nos projetou no mercado brasileiro e agora também está nos colocando no mercado internacional", frisa.

"O canal espelhado, de baixíssima rugosidade, facilita o escoamento dos cavacos e aumenta a performance da ferramenta", explica o gerente, ressalvando que o processo já era conhecido. O pulo do gato da Kombat foi desenvolver um processo de produção próprio, incluindo o desenvolvimento de rebolos especiais em parceria com um fornecedor, e conseguir manter o preço competitivo.

CRESCIMENTO - Criada em 2001, a partir de uma joint venture com a norte-americana Kombat - mas 100% nacional desde 2002 -, a empresa fabrica variada linha de ferramentas rotativas. "Temos obtido crescimentos substanciais ano-a-ano", afirma o gerente. Em 2006, o crescimento foi de 25%. Para 2007, a expectativa é de expansão de 20% do faturamento.

Para tanto, a empresa investiu R$ 3,4 milhões em 2005, basicamente em máquinas e equipamentos. Agora, no início de 2007, a Kombat investiu 500 mil euros para ampliar o parque de máquinas, com dois novos centros de usinagem de cinco eixos.

Essas máquinas foram adquiridas para a instalação da nova célula de produção, que está fabricando o lançamento que será apresentado na Feimafe: uma linha de fresas para usinagem em altas velocidades, voltada para a produção de moldes. A princípio batizada de Ecoline, a nova linha tem como diferencial o fato de utilizar uma variada gama de substratos de metal duro e coberturas especiais. Nos dois casos (substratos e coberturas), as soluções foram desenvolvidas especialmente para a Kombat.

Prebianchi acredita que a nova linha terá boa aceitação do mercado, a exemplo do ocorrido com a Digeturbo, lançada em 2005. Também composta de ferramentas rotativas especiais, com variada gama de substratos e geometrias, a linha Digeturbo permitiu triplicar o avanço e aumentar em 50% a velocidade de corte. "O resultado é maior produtividade para os clientes", afirma o gerente, frisando que a linha tem como principal consumidor o setor automotivo.

Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a comércio internacional:

Importação de produtos químicos da Índia

A indústria química indiana está em franca expansão. O setor proporciona hoje um grande volume de negócios dentro e fora do país. Produtos químicos ...
Pesquisa mostra recuperação da indústria chinesa

A produção industrial na China melhorou neste mês de outubro, dando sinais de que uma recuperação pode estar tomando forma depois de uma queda acentuada da segunda ...
Definição de certificado de origem

O certificado de origem é um documento importante no comércio internacional que atesta que os bens em um embarque de exportação específico são inteiramente obtidos, produzidos, fabricados ...
Diferença entre marca de serviço e marca registrada

Se você fabrica um produto ou oferece um serviço, provavelmente quer que sua empresa tenha uma identidade única para permitir que seus clientes saibam a origem do produto ou ...
Modelos de comércio internacional

Modelos de comércio internacional têm sua origem na teoria da vantagem absoluta apresentada por Adam Smith, que demonstrou que era benéfico para um país se especializar ...
Déficit em químicos alcança US$ 12,0 bi no primeiro semestre

As importações brasileiras de produtos químicos totalizaram mais de US$ 19,4 bilhões no primeiro semestre de 2012, enquanto as exportações somaram US$ 7,4 bilh ...
China pretende criar zona de conversão da moeda

A China planeja criar uma zona especial para experimentar com a convertibilidade da moeda em Shenzhen (foto), cidade em que introduziu as principais reformas econômicas há três d ...

Comércio Internacional
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Comércio Internacional


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google