A Robert Bosch registrou no Brasil uma queda de 5,7% em relação às vendas alcançadas em 2005. Isso ocorreu por conta dos efeitos negativos do câmbio sobre as exportações, causando perda de competitividade no mercado externo, principalmente nas exportações para EUA e México.

Em contrapartida, o crescimento do mercado interno e em alguns mercados da América Latina, foi muito importante para as vendas da empresa em 2006, compensando parte das perdas com as exportações.

“O bom desempenho da Bosch no mercado interno, em todos os segmentos de negócios que a empresa mantém no País, foi essencial para compensar parte das perdas com as exportações. Este é o resultado de um conjunto de ações que vão desde a estabilidade da economia brasileira e o crescimento da demanda, principalme nte na venda de automóveis e bens de consumo duráveis, até o lançamento de novos produtos”, afirma Edgar Silva Garbade, presidente da Robert Bosch América Latina.

Assim como registrado pelo Grupo Bosch Mundial, o maior crescimento nas operações da empresa no Brasil, em 2006, foi no segmento de Bens de Consumo e Construção, que aumentou suas vendas em cerca de 11%. A Unidade de Ferramentas Elétricas foi uma das principais responsáveis por este desempenho positivo.

Já o segmento automotivo, principal negócio da Bosch no País, registrou uma queda de 6,7% quando comparado a 2005. “A Bosch está perdendo receita com a valorização do Real frente ao Dólar. Em 2006, as exportações representaram 42% do faturamento. Em 2005, eram 45%”, explica o executivo.

Para reverter este cenário, a empresa vem buscando maior produtividade e tornando os processos mais enxutos, sem comprometer a qualidade dos produtos. O objetivo é evitar desperdícios e agilizar a logística para continuar sendo competitiva principalmente no mercado interno.

“Acreditamos que o mercado interno automotivo terá um crescimento de demanda em torno de 7% em 2007 sustentado, principalmente, pela ampla oferta de crédito e pela concorrência de preços no segmento de veículos compactos. Com isso, o setor de autopeças registrará um aumento na produção e contará com um grande desafio: manter sua competitividade por meio do aumento da produtividade”, comenta Garbade.

A Bosch em números em 2006: Faturamento Líquido: R$ 3,7 bilhões | Porcentagem em exportação: 42% | Número de colaboradores: 11.500 | Investimentos em Ativos: R$150 milhões | Investimentos em Meio Ambiente: R$10 milhões | Investimentos em Projetos Sócio-Culturais, em parceria com o Instituto Robert Bosch: R$ 4 milhões.

Perfil do Grupo Bosch em resumo - O Grupo Bosch é l íder mundial na fabricação de tecnologia automotiva, tecnologia industrial e bens de consumo e tecnologia de construção. Em 2006, seus 260 mil colaboradores contribuíram para que fosse atingido o faturamento de 43.7 bilhões de Euros. Fundado em Stuttgart, em 1886, por Robert Bosch (1861-1942) como Oficina de Mecânica Fina e Eletrotécnica, o Grupo Bosch é atualmente constituído por uma rede de desenvolvimento, produção e distribuição com mais de 300 subsidiárias, além de 13 mil serviços autorizados localizados em mais de 140 países.

A estrutura acionária diferenciada do Grupo Bosch garante sua independência financeira e autonomia empresarial. Ela possibilita que a empresa possa antecipar importantes investimentos para garantir sua segurança no futuro e também para fazer jus à responsabilidade social do Grupo Bosch Mundial, concretizando o desejo de seu fundador. Dessa forma, constituiu-se a Robert Bosch Stiftung GmbH (Fundação Robert Bosch) que é detentora de 92% da s cotas do capital do Grupo Bosch Mundial, enquanto a gestão empresarial do Grupo está sob responsabilidade da Robert Bosch Industrietreuhand KG.

A Robert Bosch América Latina está presente no Brasil há mais de 50 anos. Em 2006, a empresa registrou um faturamento líquido de R$ 3.7 Bilhões. A Robert Bosch América Latina mantém quatro unidades fabris nos estados de São Paulo, Paraná e Bahia; emprega cerca de 11.500 pessoas e abriga três Centros de Competência Mundial em desenvolvimento de produtos automotivos. | Site www.bosch.com

Autor(es): Portal Fator

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia