O grupo de siderurgia Gerdau encerrou o primeiro trimestre de 2007 com um lucro líquido de R$ 869,3 milhões, montante 4,4% maior no comparativo com igual período do ano passado. A receita líquida cresceu 15,5% no trimestre, para R$ 6,486 bilhões, e o lucro bruto fechou em R$ 1,640 bilhão (aumento de 11%).

O lucro antes de despesas financeiras, impostos, depreciação e amortizações (Ebitda) somou R$ 1,373 bilhão no primeiro trimestre, com alta de 17,4% frente ao resultado anterior de R$ 1,169 bilhão. A margem Ebitda subiu de 20,8% para 21,2%. O ganho operacional ficou praticamente estável, passando de R$ 1,154 bilhão, nos três primeiros meses de 2006, para R$ 1,146 bilhão este ano (-0,7%). Os dados são consolidados.

O grupo Gerdau ocupa a posição de maior produtor de aços longos no continente americano, com usinas siderúrgicas distribuídas no Brasil, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Estados Unidos, México, Peru e Uruguai. Possui também 40% de participação societária na empresa Sidenor, localizada na Espanha. Hoje, alcança uma capacidade instalada total de 19,6 milhões de toneladas de aço por ano, segundo informações da empresa.

Autor(es): Agência Estado

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia