NSK oferece treinamento gratuito em manutençãoEm busca de uma produção mais eficiente e sem transtornos, as empresas estão cada vez mais aprimorando a capacitação de seus funcionários com treinamentos específicos em manutenção de equipamentos. Mas nem sempre foi assim. Trata-se de uma cultura que foi aos poucos sendo percebida pelas organizações. E a regra básica é simples: máquinas em bom estado de conservação e profissionais aptos a mantê-las ajudam e muito na produtividade, evitando problemas inesperados e prejuízos com a interrupção na linha de produção.

É o que relata Rodrigo Pereira, engenheiro de aplicação da NSK, fabricante de rolamentos e que também ministra treinamentos em manutenção. Segundo ele, na década de 70, não havia uma preocupação muito intensa por parte das empresas em oferecer treinamentos aos seus funcionários. Mas que, a partir dos anos 80, a postura das organizações mudou e o interesse em treinar pessoas passou a ser uma de suas principais metas.

“Antigamente, o setor de manutenção das empresas existia apenas para consertar o que havia quebrado. É o que chamamos de manutenção corretiva. De alguns anos para cá, a visão desse setor mudou muito, ou seja, a equipe de manutenção de uma empresa mantém as máquinas em operação e também tem a função de evitar que elas quebrem inesperadamente. Qualquer parada pode gerar prejuízos. Por isso é que as indústrias estão mais preocupadas com o treinamento de seus funcionários”, explica Pereira.

Capacitando profissionais - Para se ter uma idéia da procura por treinamentos em manutenção, em 2003, a NSK já treinou cerca de 10 mil profissionais da área. No ano passado, foram 8.500 pessoas. Em 2001, aproximadamente 5 mil. Esta ação faz parte da missão corporativa da empresa. “Nosso objetivo é capacitar os profissionais de manutenção, pois acreditamos no potencial deste importante setor no Brasil”, afirma Alexandre Fróes, chefe de engenharia de aplicação da NSK. Ele explica que a companhia não espera obter lucro com os problemas nos rolamentos das empresas. “Ao contrário, treinamos os profissionais para trabalharem adequadamente com os equipamentos, aumentando a disponibilidade das máquinas. Queremos ser reconhecidos pela qualidade de nossos produtos e pela disponibilidade de nossos serviços”, complementa Fróes.

A NSK oferece 3 modalidades gratuitas de treinamento: cursos in company, visando a necessidade de empresas dos setores siderúrgico, alimentício, papeleiro, petroquímico, de mineração, agrícola, de cerâmica e têxtil; aulas nos CCTs (Centros de Capacitação Técnica); ou pela Internet. A empresa proporciona treinamentos sobre aplicação e manutenção de rolamentos industriais e automotivos, produtos de movimentação linear e servomotores, rolamentos de precisão e vibrações mecânicas aplicadas à manutenção.

Os cursos englobam teoria e prática. Nos CCTs há salas de aula com data show, onde os profissionais tomam conhecimento dos conceitos aplicados na prática. A empresa fornece material didático com apostilas, catálogos e manuais. Na parte prática, os profissionais utilizam equipamentos e dispositivos para simular as aplicações, com o objetivo de enfatizar o manuseio correto, bem como a sua instalação e a visualização de possíveis problemas na aplicação.

Os CCTs estão instalados no Rio de Janeiro, em Suzano (São Paulo), em Recife na Universidade Federal de Pernambuco, em Vitória (Espírito Santo), em Uberlândia (Minas Gerais) e em Joinvile (Santa Catarina). “Em 2004, pretendemos inaugurar mais um Centro de Capacitação Técnica em Curitiba, em parceria com a Universidade Federal do Paraná”, diz Pereira.

Via web - Já o treinamento pela Internet disponibiliza no momento o acesso a 2 cursos: aplicação e manutenção de rolamentos industriais e análise de vibração mecânica para manutenção. “Trata-se de uma ferramenta nova. Futuramente, pretendemos ampliar o treinamento via web com 12 cursos específicos para a área de manutenção. Para utilizar essa modalidade, o profissional interessado precisa receber uma senha de acesso. E é um curso que também aplica provas de avaliação, com direito a um certificado na conclusão”, conta o engenheiro de aplicação.

Os treinamentos ministrados pela NSK são direcionados a todos os profissionais da área de manutenção, incluindo desde o mecânico de chão-de-fábrica até os gerentes da área, além de profissionais autônomos que trabalham no setor

Autor(es): Andréa Malta

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção