O Grupo alemão Schulz inicia suas operações comerciais no próximo dia 23 na nova unidade fabril. Localizada no município de Campos de Goytacazes, no Norte Fluminense a fábrica produzirá conexões tubulares em ligas resistentes à corrosão. O grupo é líder mundial no suprimento de conexões tubulares em aço inoxidável e cobre-níquel para os setores de indústria naval, petróleo, gás, petroquímico e siderúrgico. Os investimentos no empreendimento giraram em torno de R$ 44,5 milhões e o número total de empregos gerados na fase de construção da empresa foi de 1.000 postos de trabalho. E na fase de operação serão gerados 390 empregos diretos e outros 780 indiretos, conforme disse nesta sexta-feira o diretor-executivo da Schulz América Latina, Marcelo Bueno.

Para viabilizar a instalação da empresa naquele município e reverter a ida da empresa para outro estado, segundo ele, a participação dos governos estadual e municipal foi decisiva. “Afinal, após negociação o Estado nos ofereceu, além da área de 60.000 metros quadrados no Distrito Industrial da Codin, que foi imediatamente aceita e adquirida pela empresa, um arrojado pacote de incentivos fiscais. Já o governo municipal, através do Fundecam, teve participação fundamental financiando parte do investimento e revertendo diversos entraves ao projeto”.

A unidade de Campos dos Goytacazes, além de ser a primeira empresa especializada na fabricação de conexões tubulares amplamente utilizadas na indústria do petróleo e de petroquímica a se instalar no Estado do Rio de Janeiro, será a mais moderna do grupo Schulz em todo o mundo. “Além disso, já contamos com contratos de fornecimento para a construção das plataformas P-51, P-52, e para estaleiros como Mauá-Jurong, em Niterói, e BrasFels, em Angra dos Reis. Agora, também estamos negociando com diversas empresas contratos para renovação de estoques”.

O secretário de Desenvolvimento, Júlio Bueno, explicou que a fábrica de conexões, em conjunto com a de tubos, também do Grupo Schulz, que se encontra em construção no município de Campos dos Goytacazes, irá formar na Região Norte Fluminense um consistente Pólo Transformador de Aço Inoxidável.

Autor(es): Monitor Mercantil

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos