A Triaxis, fundada há 30 anos com o nome de Dimensão Tecnologia, de São Bernardo do Campo, cresce em média 10% ao ano. Em 2007, pelos resultados obtidos até setembro, esse índice deve ser maior, chegando aos 15%.

Segundo o gerente de Vendas, Philippe Garcia, o mercado de componentes para automação de usinagem e montagem está aquecido, devido ao fato de a indústria brasileira estar buscando sistemas mais velozes e eficientes que, além de reduzir custos, possam ampliar a produtividade e melhorar a qualidade. "Além de permitir o aumento da produção, as máquinas automáticas garantem a repetibilidade", afirma.

Como exemplo, cita o caso de uma empresa que para fabricar sapatas de freio utilizava uma máquina que fazia um furo por vez. Para esse cliente, a Triaxis projetou uma máquina especial equipada com cinco cabeçotes de furar e uma mesa giratória, com capacidade para fazer 18 furos simultâneos. Ex-fabricante de máquinas especiais, a empresa utiliza seu know-how de mais de 30 anos para desenvolver soluções adequadas às necessidades de cada cliente. "Também prestamos serviços de consultoria para o projeto de máquinas especiais", acrescenta.

Para atender seus clientes, conta com linha própria, composta de unidades eletropneumáticas de furar, de rosquear automática, cabeçotes multifusos, mesas giratórias, entre outros. Além disso, representa várias marcas estrangeiras, como Gamor, Middex, MPA, SMP, Sopap, Suhner, Deschner, Divimek e Gerardi, fabricantes de rosqueadeiras pantográficas; de cabeçotes multifusos reguláveis, especiais e fixos; mesas giratórias sistema Hirth, eletromecânicas, CNC, pneumáticas/hidráulicas e manuais; unidades automáticas de usinagem; cabeçotes múltiplos; morsas autocentrantes, garras e sistemas de sujeição; reguladores hidráulicos de velocidade, cabeçotes angulares para CNC e ferramentas acionadas.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Automação Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Automação Industrial