O Grupo Valeo anunciou na semana passada o início das atividades da Valeo Sistemas de Gerenciamento de Motores (VEMS), a décima segunda divisão da empresa no Brasil. Alain Keruzoré, presidente do Grupo Valeo na América do Sul, anunciou que a nova divisão, adquirida mundialmente da Johnson Controls International em março de 2005, foi formalizada para o Brasil no último dia 14 de setembro.

Nessa atividade, a Valeo é líder européia no desenvolvimento e na fabricação de componentes e sistemas de controle de emissão de poluentes e também comanda na região do Mercosul o mercado de válvulas de canister e de sensores de velocidade. A Valeo já deu início a negociações com as montadoras de contratos para a fabricação e fornecimento de bobinas de ignição para motores. A VEMS oferecerá, ainda, linha completa de sensores de motor, injetores de combustível e módulos eletrônicos para comando de sistemas de injeção eletrônica.

Alain Keruzoré explicou que a VEMS já inicia atividades com negócios da ordem de R$ 30 milhões e manterá administração, vendas e engenharia em seu conjunto industrial de Campinas (SP) e as linhas de produção de sensores e válvulas de canister em Gravataí (RS), nas atuais instalações da Johnson Controls. Mas anunciou que uma nova unidade industrial será estabelecida posteriormente, em local ainda não escolhido.

CRESCIMENTO - Com a VEMS, o Grupo Valeo diversifica ainda mais a sua linha de produtos e amplia para onze o número de divisões produtivas instaladas no país. A empresa possui duas fábricas em Itatiba (Térmico Motor e Climatização); quatro em Campinas (Sistemas Elétricos, Limpadores de Pára-brisa, Embreagens e Materiais de Fricção), e uma divisão de Sistemas de Segurança em Guarulhos (SP), voltada à produção de fechaduras, chaves, maçanetas, trincos e miolo de ignição.

Em São Paulo, capital, a empresa possui a Valeo Iluminação e a Valeo Controles Interiores, dedicada à fabricação de chaves de seta, interruptores e sensores ultrassônicos. Além dessas unidades, mantém na Ford Nordeste, em Camaçari (BA), linha de montagem de módulos dianteiros para os automóveis Fiesta e EcoSport, e outra na GM, em Gravataí, para instalação de sistemas de climatização no Celta e Prisma. Em São Bernardo do Campo (SP), está instalada a Valeo Cibié Service, responsável pelo abastecimento do mercado de reposição.

Instalada no Brasil desde 1974, o Grupo Valeo investiu aqui nos últimos dois anos R$ 90 milhões para a ampliação das divisões que possui em Campinas e deu início à expansão das fábricas de Itatiba, mediante a aplicação de mais R$ 20 milhões. Em todas as suas divisões, a Valeo conta com cerca de 4.000 colaboradores.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas