Na semana passada, ao mesmo tempo em que divulgava o balanço do terceiro trimestre - com lucro líquido 48% superior ao do mesmo período do ano passado -, a Indústrias Romi anunciou a aprovação de plano de investimentos de R$ 230 milhões. Os recursos - provenientes do caixa da companhia - serão aplicados na implantação de duas novas unidades de produção, uma nova fundição e uma nova unidade de usinagem de peças fundidas.

Segundo o documento divulgado pela empresa, as novas unidades "terão por objetivo prover capacidade produtiva para permitir à companhia o seu crescimento orgânico no mercado consumidor de fundidos e usinados, tanto no Brasil quanto no exterior, principalmente nos setores de máquinas industriais, máquinas agrícolas, veículos médios e pesados, equipamentos para geração de energia, petróleo, mineração, naval, dentre outros".

Serão investidos R$ 110 milhões na unidade de fundição e R$ 120 milhões na unidade de usinagem. O projeto deve ser implementado em etapas, entre 2008 e 2011, em localidade ainda a ser definida, dependendo de estudos que estão sendo desenvolvidos. A capacidade de produção prevista para cada unidade é de 40 mil toneladas/ano. Com isso, a Romi dobrará a sua capacidade de produção de fundidos e usinados.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas