Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Rio Tinto pode buscar Vale para fugir da BHP Billiton

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


O mercado de mineração se agitou ontem ao tomar conhecimento da proposta de aquisição do grupo anglo-australiano Rio Tinto Rio Tinto feita pela BHP Billiton, maior mineradora do mundo. A oferta foi rejeitada, segundo informou a própria BHP, em comunicado. A intenção da líder global do setor é buscar nova aproximação da Rio Tinto. Se tiver sucesso, a BHP poderá realizar a maior aquisição da história da mineração.

A companhia anglo-australiana teve ontem a maior alta, de 21,75%, do índice FTSE-100 da Bolsa de Londres. Já a BHP Billiton, registrou queda de 5,69% em suas ações na bolsa londrina. Em Nova York, a Vale do Rio Doce teve uma alta de 3,13% nas ADRs ON, enquanto os de preferenciais subiram 3,36%, num dia de mercado derretendo.

Para Rodrigo Ferraz, da Corretora Brascan, este movimento da BHP Billiton gera um impacto indireto sobre brasileira Vale do Rio Doce. " O mercado vai começar a prestar atenção nas grandes mineradoras por estarem buscando mais consolidação do que já têm. A BHP Billiton já é resultado da fusão da australiana BHP com a inglesa Billiton", lembrou.

Com base neste raciocínio, um investidor em mineração avaliou que dificilmente a Rio Tinto conseguiria uma proposta de compra de outra empresa do setor. O que ele acredita que poderia acontecer, neste processo de consolidação como alternativa à oferta da BHP Billiton, seria a Rio Tinto buscar negociação de uma fusão com a Vale. A mineradora brasileira não quis comentar o assunto.

Pedro Galdi, analista de mineração do ABN Amro, não acha que a Vale seja atraída por uma o peração deste tipo. "Não faz o perfil dos seus controladores. A Vale faz aquisições estratégicas, como uma empresa de níquel, caso da canadense Inco, por exemplo, ou uma Alcan, canadense de alumínio vendida para a Rio Tinto. A Alcoa (outra companhia de alumínio) pode ser alvo da brasileira. Mas Roger Agnelli (presidente executivo da Vale) bate na questão de que alumínio é energia pura. Daí que a mineradora só compraria estes ativos lá fora, num país com energia barata", destacou Galdi.

No seu cenário, não enxerga a Vale fazendo no curto e médio prazo nenhuma aquisição gigantesca, na faixa de US$ 100 bilhões, como é o caso da Rio Tinto. "Podemos até ter alguma surpresa entre meados e fim de 2008, vendo a Vale comprar algo maior. Se encontrar algo disponível, até mesmo agora, pode fazer algumas aquisições menores, na faixa próxima do valor da Inco, que custou US$ 18 bilhões".

Na avaliação dos analistas, uma oferta do tipo que a BHP Billiton fez à Rio Tinto pode ser barrada pelos órgãos antitruste. Esta fusão, caso ocorra, iria concentrar ainda mais o mercado de minério de ferro, dominado por três companhias. Vale, Rio Tinto e BHP Billiton respondem por 80% da oferta do produto no mundo. BHP Billiton e Rio Tinto, juntas, produzem cerca de 264 milhões de toneladas de minério de ferro e se houvesse uma fusão, passariam, Vale e nova empresa, a dominar três quartos do mercado de minério.

Ferraz, da Brascan, acredita que o apetite da BHP Billiton pela Rio Tinto seja estimulado pelo minério de ferro. A Rio TInto é a segunda maior vendedora do produto, depois da Vale. O minério está em alta, com mercado cada vez mais apertado e em breve terá seu preço reajustado para 2008 numa faixa entre 25% a 50%, como projetam analistas.

Valor Online

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google