A Companhia Vale do Rio Doce iniciará em 2009 a exploração de uma jazida de cobre no Chile, na região de Cochimbo, 400 quilômetros ao norte de Santiago. O projeto prevê um investimento da ordem de US$ 100 milhões.

A jazida de "Papamono" produzirá 18 mil toneladas de cobre ao ano, segundo informou a própria companhia. A primeira fase do projeto, orçada em US$ 48 milhões, deve ser concluída no terceiro trimestre do próximo ano e o início da exploração está previsto para 2009.

A Vale do Rio Doce integra também no Chile um consórcio que analisa a jazida "Las Flechas", localizada em uma região fronteiriça com a Argentina.

Os investimentos no Chile, maior produtor de cobre do mundo, são parte de uma estratégia anunciada no último mês pela companhia de aumentar sua capacidade de produção e iniciar novos projetos. Nesse sentido, a Vale anunciou que dentro dos próximos cinco anos realizará investimentos de US$ 59 bilhões, dos quais cerca de 75% dentro do Brasil, além de Peru, Chile, Canadá, Moçambique, Omã, Austrália, Indonésia e Nova Caledônia. (Ansa - Gazeta Mercantil)

Autor(es): Gazeta Mercantil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas