Com crescimento das vendas de 47% de janeiro a setembro de 2007, em relação ao mesmo período de 2006, e otimista com a retomada dos investimentos pelo setor agrícola brasileiro, a AGCO anunciou na semana passada que irá investir US$ 150 milhões no Brasil nos próximos três. Os recursos serão destinados em grande parte à instalação de uma fábrica de colheitadeiras de cana-de-açúcar.

Hoje, o grupo - proprietário das marcas Valtra, Massey Ferguson e SFIL - conta com três fábricas no Rio Grande do Sul e uma em São Paulo. "Ainda não definimos onde será instalada a nova linha", disse o presidente mundial da AGCO, Martin Richenhagen, que esteve no Brasil na semana passada.

A colheitadeira de cana, que trará um novo conceito, está sendo desenvolvida no Brasil, com a ajuda dos principais clientes e técnicos das usinas de açúcar. O produto está sendo considerado estratégico para o crescimento do grupo AGCO. Segundo André Carioba, vice-presidente e gerente-geral da AGCO na América do Sul, a máquina deverá ser lançada dentro de dois anos.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia