Brasil é o terceiro país em número de empresas no ranking com as 100 gigantes emergentes do Boston Consulting Group, ficando atrás apenas da China (41) e da Índia (20). WEG é classificada pela 2ª vez.

Três empresas de Santa Catarina estão entre as cem que mais crescem nos países emergentes, segundo levantamento divulgado pela consultoria norte-americana The Boston Consulting Group (BCG).

Três empresas catarinenses - a Sadia, a Perdigão e a WEG - e uma que tem unidades industriais em Santa Catarina - a Coteminas - estão entre as cem companhias que mais se destacaram em países com economia em rápido desenvolvimento.

O BCG, na segunda edição de seu relatório The 2008 BCG 100 New Global Challengers: How Top Companies from Rapidly Developing Economies are Changing the World, sobre as cem maiores companhias desses mercados, abrange cem empresas que estão crescendo rapidamente, se globalizando de forma agressiva e reformulando o cenário mundial das indústrias.

Com rendimentos totais superiores a US$ 1,2 trilhão e mais de meio trilhão de dólares em compras anuais, essas companhias já são excepcionais. Mas suas aspirações são ainda mais intimidadoras, pois, segundo o estudo, seus rendimentos combinados chegarão a US$ 3,3 trilhões em 2010 e a US$ 11,8 trilhões em 2015.

Dentre os critérios avaliados para selecionar as cem empresas estão o porte, o crescimento anual, a geração de valor para os acionistas e a proporção dos negócios no mercado externo para o total da empresa.

Autor(es): Divulgação WEG

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia