A Okuma América, subsidiária da fabricante de máquinas operatrizes de origem japonesa, criou um show-room inovador em Charlotte, na Carolina do Norte (EUA). O "Partners in THINC" é um espaço onde clientes podem acompanhar todo o ciclo de manufatura e inclusive levar suas próprias peças para serem usinadas no local.

O novo conceito de show-room envolveu parceria com 25 empresas das áreas de ferramentas, metrologia, robótica, CAD/CAM, CNC etc. Muitas dessas parceiras estão participando da iniciativa com produtos e engenheiros, dedicados a ajudar a comunidade industrial a resolver problemas e criar soluções em conjunto. Nove delas mantêm empregados em tempo integral no local. As demais oferecem departamentos de venda e de engenharia que ficam disponíveis para os visitantes pelo menos três dias por semana.

No local, os clientes podem ver como as soluções integradas funcionam na prática e também lhes é permitido utilizar o espaço para desenvolver e otimizar um processo de manufatura que, posteriormente, será implementado em sua planta. "O Partners in THINC não é apenas um show-room para demonstração pura e simples de equipamentos, mas também funciona como um centro de pesquisa e de desenvolvimento, e um local completo de produção funcional", explica Alcino Bastos, gerente geral da Okuma no Brasil.

Nesta semana, aliás, Bastos estará reunido com representantes da Okuma America, com o objetivo de trazer essa experiência para o mercado nacional. O gerente adianta que a empresa tem trabalhado na busca de alternativas para implantar o conceito no Brasil. "Temos máquinas instaladas em vários fabricantes de ferramentas e instituições de ensino. Estamos pensando em adaptar a idéia para esses locais, integrando nossa máquina a equipamentos de três ou quatro parceiros", diz.

Nos EUA, o show-room do Partners conta com 12 máquinas da Okuma instaladas no espaço destinado ao chão-de-fábrica e todas são integradas às soluções dos parceiros através do sistema THINC-OSP. Essa integração oferece oportunidades para que os projetos industriais mais complexos sejam solucionados. Nesse ambiente os visitantes podem verificar os quatro estágios do processo de manufatura, que inclui pré-planejamento, usinagem, metrologia e serviços.

“As empresas que participam como parceiras abrem discussões para determinar qual a melhor forma de desenvolver e integrar soluções usando a arquitetura aberta do THINC-OSP, que permite extrair dados em tempo real, via conexão Ethernet. Os benefícios para os usuários não se restringem à facilidade de usar os sistemas, mas se traduzem em ganhos de produtividade e em redução de custos”, explica Bastos.

O Partners in THINC conta ainda com um auditório high tech, equipado com sistemas de áudio e vídeo de última geração, destinado a apresentações e workshops. Alcino Bastos salienta que as empresas brasileiras, assim como as do mundo todo, que tiverem interesse podem visitar e utilizar o show-room, bastando apenas agendar uma data.

Do projeto, além da Okuma, participam as empresas: Sandvik Coromant, Kennametal, ABB, Renishaw, Marposs, Fanuc Robotics, LNS Turbo, Zeiss, Caron Engineering, Exact Job Boss, Big Fix, Webex, Isenr, Zoller, Trend Micro, Gosinger 3D, Symantec, Schunk, Infinity Rebuild, Hexagon, Blum, Extrude Hone, Midaco, Chip Blaster.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas