O grupo industrial alemão Thyssen-Krupp anunciou uma redução de 34% em seu lucro tributável, antes de elementos excepcionais, no primeiro trimestre fiscal (de outubro a dezembro) do exercício 2007/2008.

O lucro tributável foi de 700 milhões de euros (US$ 1,036 bilhão), contra 1 bilhão de euros (US$ 1,48 bilhão) no mesmo período do ano fiscal anterior.

A empresa destacou que no ano anterior ela foi beneficiada por uma demanda muito forte de aço, aliado a um preço mais alto, fazendo com que a base de comparação com o último trimestre estivesse alta.

Apesar da queda, o resultado foi superior ao esperado pelos analistas de mercado ouvidos pela agência financeira Thomson, que apostaram em lucro tributável de 673 milhões de euros (US$ 996,04 milhões).

A empresa confirmou ainda que espera uma redução ainda maior em seus lucros para o fim do ano fiscal de 2007/2008, que se encerra em setembro-- a Thyssen-Krupp espera ter lucro tributável de 4 bilhões de euros (US$ 5,92 bilhões) no período.

A Thyssen-Krupp tem na siderurgia sua principal atividade, mas também trabalha nos ramos de construção pesada de complexos industriais, de elevadores e de serviços industriais.

Autor(es): France-Presse

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia