O estado do Paraná respondeu por 41% dos empregos criados na Região Sul do país no ano passado. O saldo paranaense, de 122.361 postos de trabalho, superou com folga o número de vagas criadas no Rio Grande do Sul (94.324) e Santa Catarina (83.630).

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados na semana passada pelo Ministério do Trabalho e Emprego, o resultado paranaense representou um crescimento de 41,6% no número de postos com carteira assinada no estado, na comparação com o ano anterior, quando foram abertas 86.396 vagas.

Desempenho

Os empregos gerados nos municípios paranaenses em 2007 superaram a soma do resultado dos sete estados do Nordeste (68.975) e o do total dos três Estados mais o Distrito Federal, na região Centro-Oeste do Brasil (93.995).

Este foi o segundo melhor resultado dos últimos 11 anos no Paraná. O estado foi responsável por 7,6% dos empregos gerados no país. Com isso, o estoque de mão-de-obra cresceu 6,6% em 2007.

Dezembro

Em dezembro o mercado de trabalho paranaense seguiu a tendência nacional de encolhimento, e o estado perdeu 31.218 postos de trabalho. Em dezembro, São Paulo, maior pólo econômico do país, teve um resultado negativo de 173.905 empregos e Minas Gerais, negativo em 29.447.

Setores

A indústria foi o setor que mais gerou empregos no estado no ano passado, com 46.283 novos postos de trabalho. A área de serviços contratou 30.996 trabalhadores. Já o comércio, com 30.502 pessoas, registrou aumento de 43,8%. A construção civil gerou 8.011 novas vagas, crescimento de 34,5%.

O interior do estado respondeu pela maioria dos empregos gerados em 2007. A Região Metropolitana de Curitiba foi responsável por 47.582 postos de trabalho, alta 11,3% em relação a 2006 (30.572).

Fonte: Paraná foi maior empregador entre estados da região Sul

Autor(es): Portal CIMM

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia