A ArcelorMittal, a maior siderúrgica do mundo, anunciou nesta terça-feira um aumento dos preços de seus produtos de aços planos ao carbono na Europa que entrará em vigor em 1º de abril.

Em comunicado divulgado hoje, a empresa disse que o aumento será de entre 12% e 15%, estabelecendo um novo nível de preço-base de 560 euros por tonelada para a bobina laminada a quente. Para a chapa grossa de qualidade comercial, o aumento será de 50 euros por tonelada.

A companhia poderia aplicar um segundo aumento dos preços ainda no segundo trimestre, que seria anunciado depois da divulgação do resultado final das negociações de preços anuais das matérias-primas, atualmente em curso.

Com esta medida, a ArcelorMittal unifica os preços de seus aços planos da Europa com os recentes aumentos de preço observados nos mercados mundiais, nos quais registrou-se altas de entre US$ 100 e US$ 180 por tonelada, em conseqüência do encarecimento dos custos de matérias-primas, energia e serviços logísticos.

O vice-presidente de Vendas e Marketing da ArcelorMittal de Aços Planos na Europa, Patrick Depardon, disse hoje que essa medida "é coerente com a que anunciamos há três meses".

"Ao mesmo tempo, estamos respondendo ao elevado nível de demanda constatada de forma contínua em toda a Europa. Adotamos todas as medidas possíveis --como a reativação do Forno Alto número 6, em Seraign, para atender ao elevado volume de pedidos de nossos clientes", concluiu.

Autor(es): Agência EFE

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas