O Sistema Usiminas investirá US$ 750 milhões na produção de minério de ferro no quadrilátero ferrífero, região de Serra Azul, em Minas Gerais. O pacote de investimentos acontecerá em dois estágios e prevê que, em cinco anos, a empresa não apenas alcance a auto-suficiência em minério, mas também passe a atuar no mercado internacional como exportadora.

De acordo com o plano de produção criado para as quatrominas da J. Mendes, a partir de 2013 deverão ser extraídas 29 milhões detoneladas de minério por ano. A produção atual das minas é de 4,5 milhões e acapacidade máxima no momento é de 6 milhões, volume que o Sistema Usiminas pretende atingir brevemente.

Até 2013, a produção saltará de 6 milhões de toneladas por ano para 13 milhões, limite da estrutura existente hoje. Oinvestimento desse primeiro momento será de US$ 150 milhões.

No segundo momento, uma nova planta de produção será construída com capacidade para extração adicional de 16 milhões de toneladas ao ano, alcançando então a meta de 29 bilhões. O investimento nesta fase será de US$ 600 milhões. A reserva tem capacidade para atender a demanda por 25 anos.

A compra da mineradora J. Mendes pelo Sistema Usiminas foi anunciada este mês. O pagamento inicial foi de US$ 925 milhões e desembolsos complementares poderão ser realizados até o máximo de US$ 1,9 bilhão, caso as reservas alcancem 1,4 bilhão de toneladas de minério nas quatro minas, com teor de ferro médio de 47%. Se as reservas ultrapassarem este objetivo, nenhum pagamento adicional será feito. (Redação - InvestNews)

Autor(es): InvestNews

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia