Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Inal produz as telhas de aço

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


KARINA MATIAS

Motivos para comemorar o Dia Nacional do Aço, celebrado hoje em todo o País, não faltam na unidade mogiana da Indústria Nacional de Aços Laminados (Inal). Com investimentos de R$ 6,5 milhões, a fábrica instalada na Vila Industrial está preparada para atuar em mais um segmento: o de telhas produzidas com aço galvanizado, galvalume e pré-pintado. A produção na unidade mogiana já começou, pequena escala. Para tal, a planta foi ampliada no ano passado, com a construção de 3 mil metros quadrados para armazenamento e instalação de três máquinas formadoras de telhas De acordo com o diretor da empresa, Wilson Carnevalli Filho, a intenção é que em até três anos, a Inal seja líder no segmento, com produção de um total de 20 mil toneladas por ano de telhas.

A atuação já implicou na contratação de 20 funcionários na fábrica de Mogi, que conta atualmente com 335 pessoas.

O número de contratados deve aumentar ainda mais nos próximos dois anos, quando novos investimentos são planejados para o setor. Carnevalli Filho confirmou ontem o projeto de ampliar em até 40% a capacidade de produção da fábrica na Cidade. Como já havia adiantado em entrevista a O Diário, em novembro do ano passado, os investimentos precisam ser autorizados pela direção - que é controlada pelo grupo CSN (Companhia Siderúrgica Nacional) - o que deve ocorrer ainda este ano "Acredito que uma vez aprovado o projeto, em 18 meses já estaremos operando com esta capacidade", destacou. Atualmente, a empresa produz 550 mil toneladas por ano, montante que pode atingir a casa dos 770 mil toneladas anuais.

A fábrica em Mogi também deverá produzir o Steel Deck, um elemento estrutural de aço, utilizado na construção civil como fôrma e armação para lajes de concreto. Em parceria com uma universidade, o Steel Deck está em fase de testes para a homologação de sua comercialização, que deve começar já no próximo semestre. Segundo ele, o produto permite agilidade e economia em uma obra, uma vez que substitui a estrutura de madeira utilizada para sustentação de lajes, que depois é retirada. No caso deste elemento, isto não é necessário. "A própria estrutura do Steel Deck sustenta a concretagem, o que agiliza muito a obra", argumenta.

Para este lançamento e o de telhas, o foco principal é o mercado de construturas e fabricantes de estruturas metálicas (60%), varejo e consumidor final (40%). "Nossa expectativa é de que esses produtos registrem faturamento neste ano, de cerca de R$ 20 milhões", revela. Para 2011, a empresa espera chegar à marca de R$ 70 milhões;

Voltada à construção industrial, a Inal produzirá telhas comuns (97%), trapezoidais e onduladas, utilizando aço galvanizado, galvalume e telhas coloridas com aço pré-pintado, visando atender o mercado interno. "Ainda estamos no início (da produção em Mogi), pegando os pedidos", explicou Carnevalli Filho. A produção de telhas é realizada também em outras localidades, como Recife.

Outro impulso à unidade mogiana é a entrada da CSN no ramo de aços longos, prevista para o início do ano que vem. No município deverão ser estocados e distribuídos o material comumente utilizado na construção civil, como vergalhões e barras chatas.

Para Carnevalli Filho, os negócios envolvendo o aço continuam aquecidos em todo o País. A unidade de Mogi sente o reflexo deste mercado. "Estamos operando em níveis altos de produção. As vendas da Inal neste primeiro trimestre estão 8% superiores ao mesmo período no ano passado", concluiu.

Comemoração

O Dia Nacional do Aço é celebrado hoje, porque foi exatamente em um 9 de abril, há 67 anos, que o então presidente Getúlio Vargas criou a CSN, depois privatizada em 1993. Eventos na empresa em Volta Redonda comemoram a data.

Fundada em novembro de 1957, a Inal iniciou suas atividades em São Paulo. Vinte e um anos depois, sua sede foi transferida para Guarulhos e, após outros 21 anos, para Mogi. Um ano antes de chegar ao Município, foi adquirida pela CSN. Hoje, a indústria detém 13% do mercado de distribuição de aço no País. A empresa atua na área de processamento e distribuição de aços planos. Sua linha de produtos – entre os quais bobinas, rolos, chapas, tiras, folhas metálicas, tubos e telhas – atende ao setores industriais, como automobilístico, autopeças, construção civil, máquinas e equipamentos eletromecânicos.

Fonte: Diário de Mogi

Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google