A América Latina Logística (ALL) iniciou recentemente um projeto de troca de cargas entre a Cosipa e a Votorantim Cimentos, que transportará 35 mil toneladas por mês de escória para a cimenteira e a mesma quantidade de calcário para a siderúrgica, usando os mesmos vagões. A ALL e as empresas investiram R$ 10 milhões no projeto, que liga a Cosipa à unidade da Votorantim em Sorocaba (SP). Antes disso, as empresas contratavam caminhões para fazer o transporte. Segundo o diretor de industrializados da ALL, Alexandre Campos, o projeto transportará 840 mil toneladas por ano mas tem potencial de 1,2 milhões de toneladas.

Outro novo projeto da companhia em industrializados é a criação de um corredor florestal entre a unidade da VCP em Três Lagoas (MS) e o Porto de Santos, para transportar 1,2 milhão de toneladas de celulose por ano, a partir do início de 2009, após investimentos de R$ 250 milhões em vagões, via permanente e locomotivas. "Acreditamos que outras empresas seguirão rumo ao Centro-Oeste, seguindo os passos da VCP", afirmou.

A ALL também tem planos de investir no transporte de produtos siderúrgicos a partir de São Paulo com destino a Porto Alegre. Segundo o executivo, a empresa pretende transportar 720 mil toneladas de aço, que serão concentradas em um centro receptor de bobinas em Porto Alegre. Na área de alimentos, a ALL fará terminais de captação para produtos de empresas como Sadia, Doux Frangosul, Seara e P&G. "Este é um dos segmentos de maior crescimento", disse. (Natalia Gómez)

Autor(es): Agência Estado

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística