A White Martins e a CST assinaram um contrato de 15 anos para a construção de duas plantas de separação de ar na Serra. O projeto faz parte da nova fase de expansão da CST, que irá aumentar em 50% a produção de aço. As plantas, previstas para começarem a operar em meados de 2006, irão produzir cerca de 2,6 mil toneladas por dia de oxigênio, nitrogênio e argônio. A White Martins é a única fabricante nacional dessas unidades.

A assinatura deste contrato, que protege as empresas de eventuais variações cambiais, traz um impacto positivo para o país. Com o pleno crescimento do mercado siderúrgico em função da crescente demanda internacional por aço, as indústrias estão expandindo suas instalações com o objetivo de aumentar a produção. Hoje o Brasil é o quinto maior fabricante de aço do mundo. “A escolha da White Martins pela CST fortalece a parceria já existente entre as duas empresas e representa o reconhecimento da confiabilidade de nossos serviços, o que tem sido demonstrado pelas principais siderúrgicas e pólos petroquímicos do país”, declara Domingos Bulus, presidente da White Martins.

Autor(es): Companhia Siderúrgica de Tubarão

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas