Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Abimaq quer abrir escritórios na América do Sul

Mais notícias relacionadas a economia:

Definição de otimização restrita
Na microeconomia de uma empresa, conceito de otimização é usado para maximizar a produção e ...


O que é capital de risco verde
Junto com a ênfase na natureza ecológica da operação comercial, empresas que buscam capital de ...


Definição de valor contábil
Dois dos principais fatores que entram no cálculo do valor escrito, ou contábil, são depreciação ...


Em 2007, os países vizinhos do Brasil na América do Sul importaram quase US$ 20 bilhões em bens de capital, dos quais apenas US$ 3,5 bilhões foram exportados por fabricantes instalados no Brasil. Na avaliação da Abimaq, a participação brasileira nesse mercado poderia ser bem superior. "São US$ 16,5 bilhões que estão em outras mãos", diz Luiz Aubert Neto, presidente da Abimaq. "Se levarmos em conta que entre os nossos vizinhos não existe outro país com um setor de bens de capital tão representativo quanto o nosso, fica mais crítica ainda a nossa participação, estamos somente com 15% desse mercado".

Para melhorar a participação brasileira nas importações de bens de capital dos demais países da América do Sul, a entidade está estudando a possibilidade de abrir escritórios regionais na Argentina, Chile e na Venezuela. "Queremos transformar a Abimaq, juntamente com a Apex e a CNI, numa agência de negócios para nossos associados", destaca. Para Aubert, o objetivo da entidade é o de aumentar entre 30 e 40% as exportações do setor para os países vizinhos.

Essa postura está em linha com estudo divulgado recentemente pela CNI (Confederação Nacional da Indústria) "Os interesses empresariais brasileiros na América do Sul". Segundo esse estudo, o Brasil precisa ter uma estratégia mais agressiva no setor de serviços na América do Sul, assim como aumentar a promoção comercial para vender produtos nos países vizinhos. Revisar os acordos bilaterais, além de aprofundá-los, deve ser a estratégia das negociações internacionais brasileiras, para aumentar a presença das empresas nacionais na região.

O estudo, disponível em formato PDF na página da entidade na internet (www.cni.org.br), foi dividido em três partes: serviços, comércio de bens e investimentos diretos do Brasil na América do Sul. O documento mapeou os interesses das empresas nos três setores em todos os países da região, classificando-os como consolidados, ameaçados, potenciais e emergentes. De acordo com o mapeamento, será possível traçar a estratégia de negociação com os vizinhos tendo em vista os interesses das empresas brasileiras em cada um dos países, para cada um dos setores.

Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a economia:

Governo incentiva indústria farmacêutica

Foi lançado na última quinta-feira (11/4) um pacote de medidas com o objetivo de impulsionar a indústria brasileira no setor de saúde. A iniciativa do Governo ...
O que é liquidação na economia

Liquidação é o processo de tomada de ativos reais de um negócio para transformá-los em dinheiro, seja para pagar dívidas ou para obter um lucro pessoal. A ...
Definição de Integração Econômica

A integração econômica é um processo em que as barreiras ao comércio são reduzidas ou eliminadas para facilitar o comércio entre as regiões ou na ...
O que é colapso econômico

Um colapso econômico é uma situação em que a economia local, regional ou nacional passa por uma crise dramática, que afeta negativamente a capacidade das pessoas que vivem ...
O que é Mercantilismo

Mercantilismo é uma das maiores teorias econômicas que diz que a riqueza de uma nação pode ser medida pelo seu pronto fornecimento de capital. O mercantilismo afirma que a ...
O que é democracia econômica

Democracia econômica é uma filosofia de socioeconomia. Socioeconomia é o estudo e a exploração da economia quando vista no contexto de valores sociais humanos, comportamentos e interações. Dentro deste ...
JPMorgan nomeia novo presidente global de mercado de capitais

JPMorgan Chase & Co. (JPM), o maior banco dos EUA em ativos, continuou insuflando a gestão em seu banco corporativo e de investimentos, nomeando Kevin Willsey como o novo presidente ...

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google