A Sabrico, uma das maiores concessionárias Volkswagen de São Paulo, controlada por investidores portugueses desde 2002, investiu R$ 3,98 milhões (1,5 milhão de euros) na construção de um centro de atendimento e logística em São Paulo. O projeto, inédito na América Latina, é um complexo de 22 mil metros quadrados na zona norte da cidade, que centralizará a maior parte das entregas de veículos aos clientes. Esse conceito é visto apenas em projeto semelhante, em Berlim.

"Tínhamos necessidade de espaço, então criamos um ambiente onde o cliente poderá sentir a emoção de receber o seu automóvel", disse o diretor da Sabrico, Francisco Valgode. "Se ele não esquecer esse momento, vai certamente voltar no futuro, isto porque, no negócio dos automóveis, temos de agarrar o cliente para toda a vida, manter essa relação por muito tempo", afirmou.

O centro de logística reúne oficina para revisão de novos e usados, funilaria e pintura, instalação de acessórios, lavagem, acabamento, polimento e pátio coberto para armazenamento dos veículos revisados. No momento da entrega, o comprador recebe uma apresentação técnica do veículo, características externas e internas, até a leitura de partes do manual do proprietário para assegurar a qualidade do atendimento. A construção, com capacidade para entregar até 120 veículos por dia, é resultado de um forte crescimento das vendas da Sabrico. No ano passado o faturamento da empresa aumentou 60%, para R$ 450 milhões.

Francisco Valgode afirmou que neste ano o faturamento deverá aumentar 30%, com a venda de 15 mil veículos, para cerca de R$ 600 milhões. "A nossa intenção em 2009, dependendo das condições do mercado, é fazer uma abertura de capital na Bolsa de Valores de São Paulo [Bovespa]", afirmou Valgode. Atualmente a Sabrico controla quatro lojas de veículos em São Paulo e quatro lojas de caminhões no Rio Grande do Sul. A projeção é investir, até ao final deste ano, um total de R$ 20 milhões na expansão do número de lojas.

O grupo estuda a aquisição de mais duas ou três lojas de veículos em São Paulo e quatro outras lojas de caminhões no Sul do País, o que elevará o faturamento para cerca de R$ 1 bilhão. Nos dois últimos anos, a Sabrico investiu R$ 32 milhões, o que elevou para 12% a participação no total das vendas de veículos Volkswagen em São Paulo.

Autor(es): DCI

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística