A produção do aço bruto no País no primeiro trimestre deste ano subiu 8,1% em relação ao igual período do ano passado, saltando de 7,99 milhões de toneladas em 2007 para 8,64 milhões de toneladas em 2008, divulgou , nesta terça-feira, o Instituto Brasileiro de Siderurgia (IBS). Na comparação entre março deste ano e março do ano anterior houve alta de 6,3% na produção, que chegou a 2,96 milhões de toneladas em 2008 contra 2,78 milhões de toneladas em 2007.

O aquecimento da economia brasileira ditou o ritmo das vendas ao mercado interno que, nos três primeiros meses de 2008, aumentaram 22,4% em relação ao acumulado de janeiro a março do ano passado. As vendas ao mercado interno no primeiro trimestre deste ano totalizaram 5,57 milhões de toneladas, quando em igual período do ano precedente chegaram a 4,56 milhões de toneladas.

Na comparação do primeiro trimestre, entre os anos de 2007 e 2008, laminados obtiveram aumento de vendas de 21,8% e semi-acabados, de 42,8%. Em março último, o mercado interno adquiriu 1,92 milhões de toneladas de aço, quantidade 13,3% superior se comparada às aquisições de março de 2007.

Do aço tipo plano, 3,22 milhões de toneladas foram vendidas ao mercado interno no primeiro trimestre deste ano, registrando aumento de 18,5% sobre as 2,72 milhões de toneladas observadas em igual período do ano passado. As vendas do tipo longo subiram 27,3% no acumulado de janeiro a março de 2008 (2,15 milhões de toneladas), em relação aos três primeiros meses de 2007 (1,69 milhão de toneladas). Na comparação entre os primeiros trimestres de 2008 e 2007, as placas registraram alta de 52,6% e os blocos e tarugos, 33,4%.

vendas. As vendas ao mercado externo tiveram decréscimo de 10,5% no primeiro trimestre deste ano, passaram de 2,62 milhões de toneladas nos três primeiros meses de 2007 para 2,34 milhões de toneladas em igual período deste ano. As exportações de laminados, de janeiro a março últimos, caíram 33,1% -de 1,45 milhão de toneladas no período em 2007 para 970 mil toneladas em 2008. Os tipos semi-acabados, porém, registraram alta de 17,6% nas exportações, na comparação entre o primeiro trimestre deste ano (1,37 milhões de toneladas) e o do ano passado (1,17 milhões de toneladas).

O faturamento obtido com a venda de aço, no primeiro trimestre de 2008, foi de US$ 2,88 bilhões, valor 36% superior aos US$ 2,12 bilhões observados em igual período de 2007. Do total, R$ 2,44 bilhões são decorrentes do mercado interno e R$ 432 milhões do mercado externo. O IPI e o ICMS aumentaram 65,8% e 52,4%, respectivamente.

Autor(es): Jornal do Commercio

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia