A demanda interna por veículos equipados com ar-condicionado está aquecida. Para atender a esse aumento de procura, a fábrica da Delphi, de Jaguariúna (SP), responsável pela produção de sistemas de climatização veicular, está em processo de expansão de 40% da capacidade produtiva.

"Até o final de outubro, pretendemos estar com todos os equipamentos instalados, com os processos de validação aprovados", informa André Teles, gerente da planta de Jaguariúna. Teles se refere a 25 equipamentos, entre centros de usinagem, tornos CNC, retíficas, brochadeiras e fornos de cura de pintura. "São máquinas de última geração, que se caracterizam principalmente pela alta precisão e alta velocidade".

A Delphi não divulga o valor que está sendo investido em Jaguariúna, mas informa que o plano de investimentos em 2008 da empresa no Mercosul soma US$ 60 milhões. Na região, a empresa conta com 11 fábricas no Brasil e uma na Argentina, que produzem produtos como sistemas de injeção eletrônica para automóveis, motos e máquinas agrícolas, navegadores, rádios automotivos, chicotes eletrônicos, dispositivos de partida a frio etc.

Instalada em 2000, a planta de Jaguarúna produz três grupos de produtos: compressores de ar-condicionado, HVAC - módulos de ventilação e aquecimento e PTC - powertrain cooling (radiadores e condensadores).

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos