A Röhm vai implementar nova estratégia em sua fábrica brasileira. O foco da produção local passa a ser a fabricação de sistemas de fixação com alto valor tecnológico agregado, atendendo a demanda destes produtos de fabricantes de máquinas e na reposição através da rede de distribuição e revenda nacional para reposição na indústria. Para esta nova fase já está no Brasil pessoal da área de projetos da Röhm da Alemanha, além de outros engenheiros que chegarão no início de setembro que apoiarão a equipe da Röhm do Brasil que está trabalhando na nova estratégia.

Segundo a empresa, a linha de produção de mandris, tem sofrido forte, porém desleal concorrência de fabricantes chineses de mandris leves (L), que praticam preços inferiores ao custo da matéria-prima utilizada na fabricação do produto nacional. Por isso, a Röhm decidiu concentrar a produção destes produtos na fabrica da Alemanha, cuja linha de produção é altamente automatizado. "Os mandris comercializados no Brasil serão de origem da Röhm da Alemanha, o que garante as expectativas de qualidade de nossos clientes", informa Rolf Diethelm, diretor geral da Röhm do Brasil.

Com a transferência da fabricação dos mandris para a Alemanha, as placas pneumáticas (LVE), recé-lançada pela Röhm do Brasil, e as hidráulicas (KFD) receberão atenção especial da fábrica brasileira. As contra-pontas, placas mecânicas, hidráulicas, cilindros e produtos especiais continuarão a ser fabricados no Brasil.

"Com o remanejamento da fabricação dos mandris para a Alemanha, nosso atual parque fabril tornou-se inadequado, devido a grande área útil em metros versus o parque instalado. Assim, em conjunto com a nossa matriz, decidimos remanejar a fábrica no decorrer dos próximos meses em um novo espaço", informa Diethelm. "Esta ação vem ao encontro da nova estratégia para o Brasil, pois nesta oportunidade um moderno layout será aplicado, utilizando-se as mais modernas técnicas de produção na fabricação de sistemas de fixação com alto valor tecnológico agregado".

Na avaliação do diretor geral, a nova configuração da fábrica visa aumentar a produtividade, qualidade e economia para os clientes. "Além do novo local e novo layout, investimentos em equipamentos adicionais erão realizados. Pretendemos ter, em poucos meses, estas ações transformadas em maior satisfação de nossos clientes", afirma, lembrando que 2009 será um ano especial para a Röhm, quando irá comemorar 100 anos na Alemanha e também os 50 anos de atividades do Brasil .

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Empresas
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Empresas