Já bastante experiente na fabricação de peças fundidas para o setor sucroalcooleiro nas áreas de usinagem, mecânica, caldeiraria e modelação, a Fundição Água Vermelha acaba de ampliar seu leque de atuação, passando a atender também o mercado de mineração e siderurgia.

A FAV deu início aos investimentos na área de siderurgia há cerca de três meses, e agora começa a formar sua cartela de clientes no setor, muito forte em todo o Brasil, em especial nos estados de Minas Gerais, Espírito Santo e na região Nordeste. “Para isso temos um representante que cuida somente desse mercado, cuja experiência no ramo está nos ajudando demais”, afirma o diretor comercial da FAV, Nelson Marques Júnior.

As expectativas para o novo nicho de mercado são as mais otimistas e a Fundição aguarda um crescimento gradativo, o que acarretará na contratação de novos profissionais tanto na fábrica, como no departamento comercial, movimentando a economia de Sertãozinho e região, que vive um momento de retenção do setor sucroalcooleiro.

“Para nos livrarmos da dependência que temos junto ao setor de sucroalcooleiro, já que cerca de 80% dos nossos clientes são desse segmento, vimos a necessidade de expandir nossa atuação, e o mercado siderúrgico foi uma ótima opção, já que não é sazonal, ou seja, produz o ano inteiro”, explica Junior. “Assim, não ficaremos parados nos períodos de entresafra e não dependeremos de um único setor”, acrescenta.

A FAV produz ligas de bronze, alumínio, ferro fundido e aço. Todas as peças são personalizadas, conforme a necessidade do cliente. Tudo é feito num espaço de 8.000 m², sendo 5.000 m² de área construída, com capacidade para fundir cerca de 160 toneladas por mês.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos