A Mitsui Motion, representante da Mori Seiki no Brasil, trouxe para o mercado brasileiro o torno horizontal Dura Turn 2550. "É uma linha que busca ser competitiva em termos de preço, mas mantendo todas as características de qualidade da Mori Seiki", afirma Humberto Morganti, gerente Técnico da Mitsui Motion.

Morganti informa que, para alcançar esse objetivo, a empresa japonesa centrou a produção nessa linha em apenas quatro modelos. Dois para trabalhos a partir de placas e dois com contraponta e torre para ferramenta acionada opcional. A produção é feita a partir de lotes pré-programados. "Com isso, mais a standartização da linha, a Mori Seiki ganha em escala de produção, o que possibilita o menor custo de produção", explica o gerente.

Entre os diferenciais da linha DuraTurn 2550, o gerente cita a utilização de rolos cilíndricos em vez de fusos de esfera. "Os rolos oferecem melhor estabilidade de operação, distribuindo melhor a pressão e aumentando a vida da máquina". Conta também com corpo rígido que minimiza os efeitos da vibração e aumenta a precisão, mesmo em operações de longa duração.

Na linha DuraTurn, o comprimento máximo de torneamento varia de 33,5 cm a 53,1 cm e os mandris estão disponíveis nos tamanhos: 6 cm, 20 cm e 25 cm (6 pol., 8 pol. e 10 pol.). Todos os modelos são equipados com 12 estações de ferramentas e oferecem taxa de avanço rápido máxima de 944,9 polegadas por minuto nos eixos X e Z.

Autor(es): Usinagem Brasil

facebook      twitter      google+

Máquinas & Equipamentos
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Máquinas & Equipamentos