A Usiminas é uma das 20 empresas-modelo eleitas pelo Guia Exame de Sustentabilidade. A siderúrgica é considerada uma referência na maior pesquisa do gênero, que abrangeu 177 empresas, realizada pela revista Exame, publicação de negócios e economia do País. O guia reconhece as companhias que têm buscado, no dia-a-dia dos seus negócios, um equilíbrio entre as necessidades do presente e as perspectivas do futuro.

A homenagem foi recebida pelo vice-presidente Industrial da Usiminas, Omar Silva Júnior, na noite de quarta-feira (29), durante o lançamento da revista no Teatro Alfa, em São Paulo. “Sempre trabalhos com o objetivo de ser uma empresa cidadã, com respeito às pessoas e ao meio ambiente. Isto está no nosso dia-a-dia e já faz parte do DNA da Usiminas. O reconhecimento da revista é muito importante ao atestar que estamos no caminho certo”, afirmou.

A pesquisa considera as mais atuais referências em levantamento sobre sustentabilidade empresarial em todo o mundo e segue metodologia elaborada pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (Gvces) da Fundação Getúlio Vargas de São Paulo.

Um dos destaques citados pela revista é o plano de investimentos, da ordem de US$ 14,1 bilhões - o maior já anunciado por uma única empresa do setor no País e que tem como objetivo aumentar a capacidade de produção da Usiminas em 5 milhões de toneladas de aço por ano. Em entrevista à revista, o presidente da Usiminas, Marco Antônio Castello Branco, explicou que a expansão deve seguir rígidas regras ambientais. “Submetemos um novo projeto a avaliações rigorosas levando em conta seu impacto, inclusive com parceiros externos, antes de aprová-los”.

Algumas ações ambientais realizadas pela Usiminas e destacadas na revista são a reutilização de gases e combustíveis líquidos gerados no processo produtivo e o reaproveitamento de subprodutos da produção do aço, como a escória vendida às indústrias de cimento. As ações contribuíram para que a companhia conquistasse o Índice Dow Jones Global de Sustentabilidade (DJSI), em 2007 e 2008. Para ser incluída no índice, a empresa tem suas práticas corporativas analisadas, bem como sua atuação socioambiental, transparência, governança corporativa, gerenciamento de riscos, práticas de trabalho, marca e padrões estabelecidos para cadeias de fornecedores. A Usiminas é a única siderúrgica das Américas a integrar o índice.

Prêmio Intangíveis Brasil

A Usiminas também acaba de conquistar outro prêmio: está entre as cinco melhores empresas do setor de infra-estrutura do País no Prêmio Intangíveis Brasil 2008 (PIB 2008). A solenidade de entrega do troféu foi realizada em São Paulo, no dia 22. O objetivo da premiação, realizada pelo Grupo Padrão, que edita a revista Consumidor Moderno, e pela DOM Strategy Partners, é reconhecer as companhias que melhor gerenciam seus bens intangíveis e investem sistematicamente na geração de valor.

Oito quesitos foram analisados - Governança Corporativa, Sustentabilidade, Marcas, Conhecimento Corporativo, Inovação, Tecnologia da Informação e Internet, Talentos, Clientes e Consumidores - o que garantiu à Usiminas uma posição de destaque na premiação. O PIB 2008 é uma iniciativa pioneira, especialmente porque as companhias abertas têm prazo até 2010 para adequar suas demonstrações contábeis ao padrão internacional IFRS (International Financial Reporting Standards), que identifica e avalia alguns dos ativos intangíveis.

Autor(es): Assessoria de Imprensa

facebook      twitter      google+

Meio Ambiente
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Meio Ambiente