A ArcelorMittal, a maior companhia siderúrgica do mundo, anunciou a intenção de demitir 9.000 funcionários, a fim de economizar US$ 1 bilhão. No Brasil, a empresa já estuda um PDV (programa de demissão voluntária) e antecipação de aposentadorias, segundo sua assessoria de imprensa. Não se sabe quantos serão cortados entre os 16.200 funcionários no Brasil. Gastos administrativos já foram reduzidos. A crise fez a ArcelorMittal anunciar um corte de 30% em sua produção. Segundo analistas, a demanda por aço deve diminuir mais no próximo ano. Em 2008, as ações da companhia se desvalorizaram em 63%.

Autor(es): Folha de São Paulo

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia