Just In TimeCriado pelo Sistema Toyota de Produção, o Just In Time, o JIT, é um sistema de administração de produção que serve para determinar os prazos de compra de matérias-primas, de acordo com a demanda. Isso significa que nenhum tipo de insumo ou matéria-prima deve ser comprado, transportado ou estocado sem que haja demanda para desovar a mercadoria produzida.

No sistema JIT, não há estoque de material, pois tudo é comprado de acordo com a produção e com a venda de produtos acabados ou semi-acabados. O sistema JIT é aplicado em diversas indústrias como forma de reduzir os custos com estoque parado, afinal estoque representa dinheiro investido e quando não há demanda para a produção, os prejuízos com mercadorias paradas são motivo de preocupação e, para muitas empresas, representa a possibilidade de falência.

O conceito de Just In Time relaciona-se com a produção por demanda, ou produção enxuta, evitando que sejam formados estoques nas fábricas. Tudo o que é comprado de material automaticamente é transformado em produto e escoado nas vendas. No entanto, para que as indústrias consigam entregar os produtos no prazo determinado com um estoque tão enxuto, são necessárias algumas adaptações, como por exemplo, o treinamento de funcionários.

É extremamente importante para o sucesso do processo de produção baseado no JIT que os funcionários responsáveis pelo gerenciamento de reposição do estoque reconheçam o momento exato de suprir o material antes que ele falte, mas ao mesmo tempo, sem gerar estoque. Contudo, os demais devem receber a mesma capacitação com o intuito de auxiliar os gestores a planejar a nova reposição mínima de estoque.

Outra questão fundamental para o sucesso do sistema JIT é com relação ao número de fornecedores de uma fábrica. Nesse caso, em especial, é aconselhável que a quantidade de fornecedores seja bem pequena, facilitando um relacionamento comercial mais próximo entre fornecedor e intermediário. Apesar de haver vulnerabilidade com a redução de fornecedores e, consequentemente, do poder de barganha da empresa, uma escolha criteriosa das empresas pode evitar maiores contratempos e falhas no fornecimento de matéria-prima.

Ao adotar o sistema de produção enxuta, o ideal é que a indústria conte com empresas fornecedoras localizadas nas proximidades e que, de preferência, tenham pessoal treinado e qualificado para suprir as indigências da fábrica a qualquer momento. Isso é uma forma mais segura e menos dispendiosa de obter material em pequenos lotes quando necessário, sem custos muito representativos com transporte.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística