Automação e robóticaEm pleno século 21, muitas corporações e empresas no setor industrial se mostram avessos à utilização de robôs em suas plantas, empregando a automação e robótica como formas de otimizar os processos de produção e aumentar o volume de vendas. Essa aparente rejeição ocorre porque a grande maioria dos gestores acredita que adquirir um robô pode ser algo extremamente dispendiosa para uma empresa de pequeno ou médio porte. E mesmo as organizações de grande porte ainda não confiam totalmente nesse novo jeito de produzir e controlar a produtividade nas plantas.

Talvez isso aconteça porque poucos gestores sabem que atualmente é muito mais fácil do que se imagina ter um robô em sua empresa, realizando tarefas de modo eficaz, seguro para os trabalhadores e rendendo muitos lucros para as grandes corporações, pequenas e médias empresas. E o melhor, por um custo bem mais baixo do que se imagina.

Todo esse receio ou desconfiança é intensa desconfiança é desbancada por muitos benefícios e inúmeras vantagens de contar com um robô no setor de produção das fábricas. A primeira delas é a redução dos custos operacionais, em que a eliminação de muitos custos diretos e indiretos é responsável pela competitividade das empresas no mercado. Os robôs proporcionam a redução das contas de energia elétrica, por exemplo, já que não possuem níveis de aquecimento, além de suprirem o trabalho manual em atividades menos seguras.

Outra vantagem a se considerar é a utilização de robôs em tarefas onde seja necessária muita precisão, repetição de ações e constância na produção. Em termos de estabilidade na produção, não há como negar que o emprego da robótica é altamente satisfatório quando o que se pretende é a constância na produção, reduzindo ao máximo os riscos com paralisações, seja por motivo de manutenção, greves, afastamentos, acidentes de trabalho ou qualquer outro fator que impossibilite a continuidade da produção.

Segurança, boas condições de trabalho e melhora da qualidade de vida são alguns dos benefícios que a utilização de robôs nas indústrias gera para os funcionários das empresas. Em locais de alta periculosidade, onde prevalece o calor, umidade e agentes químicos, na existe necessidade de mão-de-obra humana quando se pode contar com um robô. Se contar a eficiência e precisão em cortes e acabamento de peças garante o mínimo de desperdício na produção, um dos fatores mais preocupantes para os gestores e que é uma maneiras mais eficazes de redução de custos.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Automação Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Automação Industrial