Manutenção centrada na confiabilidadeA manutenção centrada em confiabilidade, ou RCM (Reability Centred Maintenance), tem o momento certo para ser aplicado nas plantas industriais, contudo, na maioria das vezes, muitas empresas implementam programas de treinamento antes mesmo de estudar com mais calma o planejamento da manutenção centrada em Confiabilidade. RCM. Muitas indústrias, engenheiros e pessoas da área de gestão ainda discutem qual seria o melhor momento para se programar ações de manutenção com confiabilidade.

A Manutenção Centrada em Confiabilidade tem seu lugar definido na fase de especificação e concepção de novos equipamentos e sistemas, e para os sistemas mais críticos. O processo de pensamento empregado para analisar os programas existentes de prevenção de falhas e avarias em máquinas é considerado satisfatório atualmente. No entanto, ainda pode gerar algumas discordâncias com relação à finalidade para qual é aplicada.

O que muitas vezes falta é um documento que descreva como inspecionar tal equipamento enquanto ele está sendo operado durante o processo de fabricação. No pior dos casos, ferramentas e dispositivos como correias, acoplamentos, trocadores de calor, válvulas de controle e outros componentes comuns são, mesmo após as análises RCM, inspecionados durante as paralisações. Talvez algumas inspeções sejam suprimidas porque o equipamento não era crítico.

O sistema de manutenção centrada em confiabilidade não considera o planejamento e a eficiência de programação em todos os operadores, nem inclui sistemas de suporte vital, como uma base de dados técnicos e sua interface com as lojas. A RCM, portanto, é uma ferramenta que deve ser usada seletivamente para sistemas críticos e bastante complicados em qualquer tipo de equipamento. Não é uma confiança total e sistema de manutenção.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção