Gerenciamento de manutenção como um negócioO gerenciamento de manutenção como negócio abrange a gestão e balanceamento de custos e serviços, numa equação que a princípio parece complicada. Os custos de manutenção são relacionados à compra de materiais e serviços, bem como as substituições de peças, contratação de mão-de-obra e custos fixos ligados diretamente à manutenção, como a energia elétrica. Os custos de material podem ser efetivamente gerenciados e controlados por intermédio de práticas de gestão de estoques, procedimentos e políticas de controle. O que impulsiona o custo do trabalho é simplesmente uma questão de oferta e demanda.

A procura é determinada pela quantidade de trabalho a ser desempenhada ou desenvolvida, e em que momento ele precisa ser executado. Compreender esses parâmetros determinará a equação pelo lado da oferta. E cabe às empresas saber quais recursos estão disponíveis, a que se destinam cada recurso e o tempo que leva para cada tarefa ser desempenhada com sucesso. Cada resposta produz um conjunto diferente de requisitos, com alguns fatores críticos a serem levados em consideração.

Algumas perguntas que precisam ser levantadas no momento de estabelecer um bom plano de gerenciamento abrange questionamentos como: existe uma sazonalidade de demanda? Há cortes periódicos de funcionários na empresa? São estabelecidos períodos específicos para a realização da manutenção sem que isso afete a produção, com uma possível paralisação? A força de trabalho com a qual a empresa conta é mesmo suficiente na realização de todas as tarefas propostas? Os gestores de custo podem determinar facilmente cada um desses fatores, desde que haja um prévio estudo e todos os responsáveis pelo planejamento estejam de acordo sejam identificados obstáculos a serem sanados.

Frequentemente, o conceito de gestão da manutenção é analisado como sinônimo de sistemas informatizados de gestão de manutenção, para que, por intermédio da implantação de um sistema de gestão informatizado de manutenção, os resultados surjam de modo positivo. É bom ter em mente que muito antes de surgirem os sistemas informatizados, muitas empresas alcançaram o sucesso em seus negócios simplesmente porque a empresa deu atenção necessária aos seus clientes, buscando soluções adequadas e rápidas no fornecimento de bens e serviços de qualidade. Para alcançar o ápice na gestão do negócio de manutenção, a identificação, o desenvolvimento e implementação de core business nos processos é algo fundamental.

A gestão do negócio de manutenção apresenta o desafio de operar o tipo de serviço da maioria das empresas. Contudo, o esforço necessário para implantar um sistema informatizado não se traduz em resultados, no entanto, todos os esforços realizados no sentido de realizar a implementação dos processos de direito produzirá os resultados esperados. Em suma, são os resultados que contam para as empresas, pois isso o levará ao sucesso ou ao fracasso.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção