Soldador, um profissional em extinçãoO setor industrial está em constante expansão. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de empregos industriais subiu 0,3% de dezembro de 2009 até janeiro deste ano. Alguns especialistas afirmam que um dos maiores obstáculos enfrentados pela indústria é a escassez de mão-de-obra qualificada para exercer determinadas funções mais técnicas. Esse é o caso do soldador, um profissional praticamente em extinção no Brasil na atualidade.

Para suprir a falta de profissional qualificado e especializado, as empresas buscam no exterior a mão-de-obra de que necessitam na execução de tarefas especialmente no setor naval e civil. Nas indústrias de bens de capital, mineração e indústria automobilística também há oportunidades para soldador, contudo, todas as áreas citadas exigem que o profissional tenha experiência e que seja altamente qualificado. Outra saída é o investimento em cursos técnicos de soldagem para os profissionais que já fazem parte do corpo de funcionários da organização.

 

A oportunidade de formar os soldadores é bem aproveitada pelas indústrias como uma forma imediata de preencher as vagas em aberto e que na maioria das vezes proporcionam salários e benefícios bem acima da média. Essa regra é imposta pela lei da oferta e da procura, pois como existem poucos soldadores especializados no mercado, normalmente são muito bem remunerados. Algumas das principais atribuições de um bom soldador são ter habilidade manual, acuidade visual e bons conhecimentos técnicos específicos.

 

Por existir bastante risco de acidentes durante o trabalho, é necessário que o profissional utilize equipamentos de segurança como luvas e óculos de proteção, o que diminui significativamente os riscos de acidentes. O soldador tem a tarefa de realizar todos os trabalhos de soldas em equipamentos e máquinas, e sem os devidos cuidados com relação ao uso de EPI’s, os riscos de lesão na visão, lesões auditivas e queimaduras aumentam substancialmente. Faz parte da rotina de trabalho de um soldador a soldagem em diferentes posições, controle do ângulo de trabalho, leitura e interpretação de simbologias da área de soldagem e forte conhecimento em matérias de base e de adição.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial