Google
Matérias, artigos e empresas relacionados a Manutenção e Suprimentos para a indústria
Esqueci minha senha

Indicadores de manutenção, qual usar?

Existem muitos indicadores de manutenção que servem de parâmetro para os gestores no momento de mensurar a qualidade da produção e aumentar a competitividade das empresas.

Mais notícias relacionadas a manutenção:

Conceito de manutenção pós-quebra
Política de manutenção de quebra às vezes é instituída quando uma instalação industrial ou empresa ...


Saiba mais sobre maquinabilidade
Várias técnicas diferentes podem ser utilizadas para melhorar a usinabilidade, seja alterando o material ou ...


Entendendo o funcionamento do MASP
Segundo Werkema (1995), o chamado ciclo PDCA de melhorias consiste em uma sequência de procedimentos ...


Indicadores de manutençãoA alta competitividade das empresas no setor industrial exige que as fábricas adotem diferentes tipos de indicadores de manutenção. Esses indicadores, em verdade, funcionam como balizadores que auxiliam os gestores a mensurar e analisar todos os resultados no processo de produção. No esforço de se adaptar a um modelo de indicador de manutenção que mais atenda às necessidades da planta industrial na criação de um banco de dados, grande parte dos gestores se perdem em meio a tantas informações e exageram no uso de múltiplos indicadores, o que acarreta na perda de foco, dificultando a análise de problemas e levantamento de dados estatísticos.

Contudo, para gerenciar a rotina de uma planta industrial com qualidade, é necessário utilizar as ferramentas mais adequadas à realidade da empresa, de modo que ela se torne mais competitiva e capaz de reconhecer suas falhas a tempo e corrigi-las. O mais indicado é que o gestor selecione no seu planejamento alguns indicadores que possam dar um retorno bastante concreto tanto em termos de informação quanto de lucratividade para a organização. Entre os indicadores mais conhecidos na gestão e estratégia de manutenção estão: 5S, Six Sigma (ou Seis Sigma), FMEA, MTBF e MTTR. A seguir, serão citadas as características mais importantes de cada um desses balizadores e como podem ser implementados na gestão.

-----------------------------------------------------
Indicador de empresas:
Soluções de publicidade do portal Manutenção & Suprimentos
----------------------------------------------------------------------------

5S – O método 5S surgiu no Japão e, inicialmente, a metodologia era composta por mais dois “S’s”e tem como objetivo maior a organização do ambiente levando em conta alguns fatores primordiais para que seja possível conviver em um ambiente harmonioso. As palavras japonesas “Seiri”, “Seiton”, “Seiso”, “Seiketsu”e “Shitsuke”, indicam, respectivamente, senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina. A adoção dessa metodologia de trabalho por parte das empresas reflete na redução de acidentes de trabalho, maior satisfação dos funcionários e executivos, melhoria na qualidade dos produtos, redução de despesas por causa de desperdícios e maior produtividade em razão do menor tempo procurando ferramentas e objetos antes mal organizados.

Indicadores de manutenção para gerar eficiência na produção industrial

Indicadores de manutenção para gerar eficiência na produção industrial

Seis Sigma – O Six Sigma, ou Seis Sigma, é considerado um método que visa conhecer a medida do número de defeitos em processo de fabricação. O método se preocupa com as oportunidades de defeito relacionadas às máquinas e não ao grupo de peças com defeito como num todo. No cálculo do Seis Sigma, o desvio padrão auxilia na mensuração do quanto a produção foi desviada do processo de padronização, gerando inconformidade nas peças.

FMEA – No FMEA, as falhas são priorizadas de acordo com a gravidade das suas consequências, com que frequência eles ocorrem e como elas podem ser facilmente detectadas. FMEA também documenta todas as ações sobre os riscos de falhas para a melhoria contínua dos processos de produção. O FMEA é utilizado durante a fase de concepção de projetos com o intuito de evitar falhas futuras. Em outras aplicações, é usado para controle de processo, antes e durante a operação em curso. Preferencialmente, o FMEA começa durante as primeiras fases do projeto conceitual e continua durante toda a vida útil do produto ou serviço.

MTBF (Mean Time Between Failure) / TMEF – (Tempo médio entre falhas) – Esse indicador representa o tempo médio entre uma falha e outra, medindo o tempo em que as máquinas funcionam a pleno vapor entre uma falha e outra. Já o MTTR (Mean Time To Repair) / TMPR – (Tempo médio para reparo) indica o tempo que a equipe de manutenção precisa para consertar e tornar disponível a máquina para o sistema produtivo nas indústrias. Além desses métodos, as empresas também utilizar como parâmetro de mensuração e comparação de resultados outros indicadores, como confiabilidade, custo de manutenção, disponibilidade, hora de impedimento e manutenibilidade.


Editora

facebook      twitter      google+

* campos obrigatórios

Outras notícias relacionadas a manutenção:

Alinhamento de eixos

Um eixo é uma peça cilíndrica de aço, que transfere força de rotação de um motor a outros componentes no interior de uma peça de ...
O que é o Método de Análise e Solução de Problemas (MASP)

Antes de saber e quando utilizar é preciso entender o foco do MASP. Problemas! Este é o foco. Tudo que apresenta resultado diferente do desejável pode ser considerado problema, seja quando ...
Processo de reparo completo para servomotores industriais

Servo motores são máquinas complexas com requisitos especiais de revisão. Ao tentar detectar o problema de uma peça com defeito, cada servo motor precisa passar por ...
Mecânica de automóveis

Dá pânico imaginar uma vida sem carro, já que o carro tem sido uma parte integrante da nossa vida. Direto da necessidade básica para qualquer tipo de luxo ...
Manutenção do redutor de engrenagem com análise de vibração

Quando você está lidando com objetos complexos mecanizados, como um redutor Falk, a vibração é indesejável pois sua presença acusa ineficiência. Para ser mais específico, as ...
Manutenção da correia serpentina e polias tensoras

Se você possui um veículo construído nos últimos 10 anos, ele provavelmente está equipado com cintos de serpentina. Os veículos mais antigos são equipados com cintos ...
Guia de manutenção de ativos

Ativos não são fins, mas meios para alguns fins úteis. Ativos administrados com prudência podem resultar em ganhos incríveis. Os ativos podem ser tangíveis, bem ...

Manutenção
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Manutenção


Veja na Agenda de Feiras e Congressos
Veja na Agenda de Feiras e Congressos

Google