Supply Chain: como criar a estratégia de logísticaO supply chain de uma indústria sofre alterações constantemente e isso irá afetar toda a organização logística na planta. Toda essa flexibilidade exige um bom treinamento por parte das empresas em saber lidar com a organização da cadeia de suprimentos e, para isso, desenvolver e implementar estratégias de logística é um fator essencial o qual permitirá que as empresas identifiquem o impacto das mudanças eminentes. Para desenvolver uma estratégia sustentável, as empresas precisam usar como pilar os quatro níveis dentro da organização logística: nível estrutural, nível, estratégico, funcional e de execução.

A estratégia do supply chain praticada com sucesso é relevante para as empresas que se dedicam a manter os níveis de serviço ao mais alto escalão possível, apesar de todas as oscilações que sempre ocorrem na cadeia de suprimentos. Após analisar os objetivos e as decisões estratégicas da cadeia de suprimentos, os gestores devem rever os planejamentos e ações na organização da logística na indústria. Outro fator interessante é acompanhar bem de perto a estrutura da empresa antes de elaborar as estratégias de supply chain de uma empresa. É preciso verificar se existem centros de distribuição e locais adequados para armazenar mercadorias em segurança e equipamentos para transporte de carga, até que possam ser liberados aos clientes finais.

A chave para o desenvolvimento de um planejamento de supply chain bem elaborado visa a implementação das ações em toda a organização, levando em conta todos os outros níveis já citados. O planejamento de implementação levará em consideração a criação de um sistema de informação e a introdução de novas políticas e processos de produção, transporte e armazenagem de cargas.

Ao analisar os quatro níveis de organização logística, todos os componentes da operação devem ser examinados para determinar se qualquer relação custo-benefício potencial pode ser alcançado. Existem áreas de componentes diferentes para cada empresa, mas a lista deve incluir, pelo menos, os seguintes fatores: transporte, outsourcing, sistemas e logística, análise dos concorrentes, banco de dados com informações e análise da estratégia de cadeia de suprimentos adotada pela empresa.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Armazenagem & Logística
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Armazenagem & Logística