Tecnólogo em petróleo e gás, profissional em ascensãoDesde as primeiras descobertas de reservas de petróleo e gás na camada do pré-sal em águas profundas, cerca de cinco a sete mil metros abaixo do novel do mar, em vários pontos do litoral brasileiro, um novo tipo de profissional surgiu e agora encontra espaços para expandir a carreira industrial: é o tecnólogo em petróleo e gás. Novos postos de trabalho estão sendo oferecidos na área de petróleo e gás e para isso, muitos profissionais estão se preparando com cursos de graduação, especialmente os cursos seqüenciais, mais rápidos do que os convencionais.

Além disso, crescem o número e universidades abrindo vagas em cursos de tecnólogo nessa área, como a Universidade Estácio de Sá, no Rio de Janeiro, UNIP, em São Paulo, e Universidade Católica de Santos. E ainda existem os cursos de Engenharia de petróleo e gás, como é o caso da Unigranrio, UFRJ e da Universidade Santa Cecília dos Bandeirantes, UNISANTA, em Santos. O engenheiro ou tecnólogo de petróleo e gás pode atuar em refinarias, petroleiros, plataformas marítimas e petroquímicas, sendo responsável pelo desenvolvimento de projetos que tenham por objetivo a exploração e produção das commodities sem prejudicar o meio ambiente. Também pode atuar como consultor ambiental e nas áreas de exportação e importação, desenvolvendo pesquisas de preços e compra de matérias-primas.

A perspectiva de crescimento para o setor são as melhores possíveis e o tecnólogo em petróleo e gás só tem a ganhar com isso. São diversas as possibilidades de trabalho na cadeia produtiva do setor, onde o tecnólogo pode atuar na exploração e transformação do petróleo e do gás natural a partir de sua extração. Desse modo, os postos de trabalho crescem consideravelmente, abrangendo desde as empresas de engenharia que perfuram os poços até refinarias e petroquímicas.

De acordo com informações do Ministério da Educação, atualmente existem por volta de 56 cursos de tecnologia voltados ao petróleo e gás em todo o Brasil. Desse total, a grande maioria dos cursos está localizada no Estado do Rio de Janeiro, devido à tradição de extração da matéria-prima no Estado carioca.

De acordo com as normas do curso, que conta com duração mínima de 2.400h, em três anos o aluno se forma e está apto para o mercado de trabalho. É importante salientar que cada instituição de ensino direciona o seu curso de acordo com o foco da região, atendendo às necessidades da economia local e das empresas.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Carreira Industrial
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Carreira Industrial