Empresários e governo esperam retomada de crescimento para indústria brasileira do açoNo último dia 14, na cidade de São Paulo ocorreu a abertura da 21ª. Edição do Congresso Brasileiro do Aço 2010, um dos maiores eventos relacionados à indústria do especial participação do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Congresso teve a abertura com uma coletiva de imprensa que começou pontualmente às 13h30, em que o Presidente do Instituto Aço Brasil, Flávio Azevedo, o diretor-presidente do Comitê Executivo Gerdau, André Bier Gerdau Johannpeter e o atual Vice-Presidente executivo da IABr, Marco Polo de Mello Lopes, traçaram um panorama a respeito do crescimento da indústria do aço, lançaram os novos desafios para setor e ainda explanaram a cerca dos resultados obtidos no primeiro trimestre de 2010.

Passada a “marolinha”, viu-se a necessidade de se discutir os novos rumos que o segmento do aço está tomando no Brasil. Representantes do governo, dirigentes de empresas siderúrgicas brasileiras e estrangeiras e especialistas no assunto participaram dos debates. A indústria do aço foi um dos segmentos industriais que mais foi afetado, contudo, está em franca ascensão no cenário econômico brasileiro, apresentando uma retomada de fôlego ao longo do ano de 2009.

De acordo com o presidente da IABr, Flávio Azevedo, o Instituto Brasileiro do Aço prevê uma expansão de 23,3% nas exportações, propiciando um aumento na produção de aço bruto de 25,1% em 2009 para 33,2% para este ano. A produção mundial de aço bruto bateu a marca de 1,2 bilhão de toneladas em 2009, o que representa uma queda de 8% comparando-se com o ano de 2008.

Ainda de acordo com o Instituto do Aço, a produção brasileira de aço bruto nos primeiros três meses de 2010 foi de 7,9 milhões de toneladas, o que representa uma alta de 59,3% comparando-se com o primeiro trimestre do ano passado. Comparando os números de 2010 com os resultados do primeiro trimestre de 2008, houve queda de 1,1% na produção do aço. Na comparação com a produção total do ano de 2009 em relação ao de 2008, houve um recuo de 24,29%, o que totaliza uma soma de 96 kg por habitante. Em 2008, a produção foi de 126,8 kg per capita. As vendas internas tiveram queda de 25% no ano de 2009, representando a fatia de 16,3 milhões de toneladas.

Segundo o diretor-presidente do Comitê Executivo Gerdau, André Bier Gerdau Johannpeter, estes dados precisam ser analisados com atenção e cautela, pois podem indicar o desenvolvimento da economia dos países, afinal, quanto maior o consumo per capita de produtos siderúrgicos, maior o crescimento da economia no país. Embora as discussões no Congresso do Aço fossem em um ritmo de encontrar medidas adequadas para encarar os desafios de retomada de mercado, no cenário internacional, uma das poucas certezas é de que a China ainda é a maior produtora de aço do mundo, com previsão de produção de 600 toneladas de aço por ano.

O vice-presidente executivo da IABr afirmou que a China ainda é um grande mistério no mercado do aço, sendo um “ponto de interrogação na indústria do aço mundial”, como ele declara, especialmente porque não conta com políticas específicas para esse segmento. Já para o Brasil, a expectativa é de que projetos como o Trem-Bala, Pré-sal, Copa do Mundo, Olimpíadas e Minha Casa, Minha Vida impulsionem o crescimento da produção em siderurgias.

Presidente Lula

A visita do Presidente Lula ao ExpoAço 2010 gerou muitas expectativas em relação às prioridades do governo sobre a indústria do aço e toda a economia brasileira, principalmente às vésperas de projetos tão importantes como a Copa do Mundo de 2010 e Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. A coletiva com o presidente Lula também contou com outros governantes, como o Prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, o senador Aloizio Mercadante, entre outros políticos. O prefeito Gilberto Kassab falou sobre a importância do Estado de São Paulo para a produção do aço. Já o Presidente Lula ressaltou a força da economia brasileira e que agora o país conta com a sua credibilidade no mercado para apostar ainda mais fichas na produção interna, salientando que “já é hora de pararem de demonizar a economia e as perspectivas de crescimento do país”.

Congresso Brasileiro do Aço 2010

Em sua vigésima primeira edição, o Congresso Brasileiro do Aço foi patrocinado pelo Instituto Aço Brasil (IABr), e ocorreu entre os dias 14 e 16 de abril, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. O principal objetivo do evento foi a discussão sobre os possíveis caminhos a seguir para tornar o setor industrial do aço ainda mais competitivo, analisando as tendências de crescimento do segmento com base nas transformações econômicas que vêm ocorrendo após a crise econômica em 2008. Ainda contando com a presença de pesos pesados da indústria do aço mundial, como Jorge Gerdau, presidente do Grupo Gerdau, Lakshmi Mittal, CEO do Grupo ArceloMittal, Marco Antônio Castello Branco, presidente da Usiminas, e Benjamin Mário Baptista Filho, diretor-presidente da ArcelorMittal Tubarão – Aços Planos, o evento é considerado um dos mais importantes já realizados no Brasil sobre o tema aço.
Além dos debates, este ano, o Congresso Brasileiro do Aço inclui também o ExpoAço 2010, com exposições de equipamentos serviços e novas tecnologias, e também a Vila do Aço, em um espaço de 3 mil metros quadrados, onde foram apresentadas as mais diferentes aplicações do material siderúrgico na construção civil, como em coberturas e esquadrias.

Empresas participantes da ExpoAço 2010

ArcelorMittal, ABDIB, CSN, Gerdau, Usiminas, Vale, Votorantim, V&M do Brasil, Sinobras, Techint, ThyssenKrupp CSA Siderúrgica do Atlântico, White Martins, Harsco Metals, Villares Metals, ABIMAQ, Acuña y Associados S.A., Bernifer, Caldecort, Carbofer, Centroprojekt do Brasil, CSA – Cia. Semeato de Aços, Cibraço, CMI, CNI, Columbia, Combustol Metalpó, Danieli, Eco Steel, Foz do Brasil, Frefer Metal Plus, Frefer System, Magnesita, Grupo Suprema, INDA – Instituto Nacional dos Distribuidores de Aço, LAP – Laser, Lunicorte, MAB – Miguel ABAD Brasil, Multiterminas – Logística Integrada, Pires do Rio, Pontec, Rede Metal Plus, Reframax, Rimac, SAUR, Semeato, Sicetel, SMS Siemag – SMS Group, Tetraferro – Grupo Citep, Thermo Scientific, Togni S/A – Materiais Refratários.

Mais Informações:
Congresso Brasileiro do Aço
Data: 14 a 16 de abril de 2010
Local: Transamérica Expo Center
Endereço: Av. Dr. Mário Vilas Boas Rodrigues, 387, São Paulo
www.acobrasil.org.br/congresso2010

ExpoAço 2010 e Vila do Aço
Data e horário de acesso para os visitantes:
15/4 - 9h às 20h
16/4 - 9h às 17h
Inscrição: www.expoaco.org.br

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Economia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Economia