Gerenciamento de ativos por redes  wirelessZigbee, Wi-Fi, Wi-Max, RFID, VoIP, Bluetooth, Mesh Networks são sistemas que não precisam da utilização de fios, são os chamados wireless, e são destinados a diferentes aplicações e especificações. O gerenciamento de ativos por redes wireless e o monitoramento da condição de máquinas e equipamentos, como caldeiras e bombas, requerem uma alta prioridade no planejamento de manutenção. Chamado de "manutenção preventiva", uma solução integrada envolvendo sensores foi desenvolvida para determinar precisamente quando estes ativos da empresa merecem a atenção necessária, evitando que a produção seja afetada com a paralisação dos dispositivos.

Essa mesma tecnologia sem fio também está sendo aproveitada para melhorar a segurança nas indústrias, com câmeras de segurança adicionais em torno do perímetro onde se localiza a empresa. Em um outro ambiente de produção, as redes sem fio estão proporcionando a mobilidade dos profissionais de TI e trabalhadores envolvidos em processos e aplicações de manutenção, permitindo que os engenheiros e técnicos tenham condições plenas de executar seus trabalhos mesmo que não estejam em suas salas. Estas melhorias na eficiência da gestão de ativos estão diretamente ligadas ao aumento da produtividade do trabalhador.

Maximização do valor do wireless

Para maximizar o valor integral de múltiplos sistemas sem fio, hoje as empresas precisam de uma plataforma abrangente de todo o chão de fabrica para gerenciar e otimizar seus múltiplos sistemas sem fio. Para que estes sistemas sem fio possam realmente melhorar a produtividade, a segurança e a eficiência com redução de custos, os gestores de sucesso devem, no mínimo, abordar os seguintes elementos: gerenciamento e direcionamento da arquitetura do sistema, priorização do valor de negócio ao nível da empresa e integração das medidas de segurança às políticas do sistema.

Gerenciar e dimensionar o sistema de arquitetura

Uma excelente execução de qualquer política empresarial exige uma arquitetura de comunicação para acomodar as tecnologias de rede. A arquitetura deve ser baseada em um modelo de segurança bem desenvolvido, que inclua funções como autenticação e controle de acesso baseados em função.

Implementar medidas de segurança e políticas em todo o sistema

Algumas práticas maliciosas nas redes sem fio são as maiores ameaças à segurança do sistema. Estas práticas podem incluir atos aparentemente inofensivos, como não alterar senhas de acordo com a política de segurança da empresa, utilizando senhas óbvias e fáceis tais como iniciais do nome, datas de nascimento já conhecidas ou adicionando ou excluindo os dispositivos de forma abusiva. Outras interferências também podem vir do ambiente externo, com equipamentos quebrados, mudanças na caracterização do local de rede sem fio e da gama de dispositivos não compatíveis com a rede sem fio geralmente disponíveis. A prevenção desses tipos de problemas devem ser incluídos no projeto do sistema wireless desde o escopo inicial, tendo também um esquema de cobertura e segurança da empresa, conhecimento e modelo de gestão de desempenho.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Tecnologia & Inovação
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Tecnologia & Inovação