Processo de galvanizaçãoGalvanização é um processo de galvanoplastia pelo qual o zinco, um metal não corrosivo, é utilizado para revestir metais corrosivos, tais como ferro e aço. Como o zinco é um metal considerado mais reativo que o ferro ou aço, o zinco galvanizado sofre corrosão em primeiro lugar, protegendo o substrato de aço ou ferro. O processo de galvanização é uma forma de proteger materiais como o ferro contra a exposição de agentes externos que causem ferrugens ao longo do tempo. Quando exposto à atmosfera, o zinco reage com o oxigênio para formar o óxido de zinco. Este reage com o dióxido de carbono para formar carbonato de zinco, um material bastante forte que impede a corrosão, protegendo ainda mais o ferro ou o aço dos elementos agressores externos.

A galvanização a quente é iniciado com o processo de limpeza da superfície do aço para prepará-lo para galvanização. Em seguida, as peças são mergulhadas em um tanque contendo uma solução aquosa de cloreto de zinco ou de amônio onde são submersos, passando por uma camada de cloreto de zinco fundido em amônio. Os metais corrosivos são revestidos com uma fina camada de zinco, pela passagem do metal através de um banho de zinco fundido a uma temperatura de cerca de 460 °C. Após retiradas lentamente as partes do zinco fundido, as peças são submersas em ar ou água bem refrigerada para solidificar o zinco e permitir o manuseio. Isso completa o processo de galvanização a quente.

A galvanoplastia é feita através da ligação do zinco com o aço a um nível molecular. Isso permite que o camada do metal cubra toda a superfície, incluindo riscos, rachaduras e até mesmo deformações. Desde então, esse processo de fundição resulta em uma ligação metal-mecânica entre zinco e aço, em que o aço é coberto por cerca de três camadas de zinco galvanizado. As três primeiras camadas de zinco utilizadas são as ligas e ferro e a quarta é de zinco puro. A liga ferro-zinco aumenta a resistência do aço, enquanto a camada final de puro aço impede qualquer formação de corrosão.

A aparência da superfície galvanizada da peça pode variar de prata brilhante com acabamento cinza fosco, dependendo de fatores como a composição do aço, o grau de retirada do banho de zinco fundido e o método de refrigeração empregado. O acabamento tom de cinza fosco fornece proteção contra a corrosão e também um acabamento brilhante.

O aço galvanizado é amplamente utilizado em aplicações onde é necessária muita resistência à ferrugem, como telhados e fachadas, corrimãos e equipamentos industriais. Já a chapa de aço galvanizado é usado frequentemente na indústria automotiva para melhorar o desempenho à corrosão de painéis de carroçaria exterior. O ferro galvanizado é usado em tubos, chapas, estacas e arame, entre outros.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Metal Mecânica
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Metal Mecânica