Energia alternativa e eficiência energéticaAté alguns anos atrás, o uso de energia alternativa não era muito conhecido. Com o tempo, como o perigo de esgotamento dos combustíveis fósseis se tornou uma realidade, a ciência descobriu o uso de energias alternativas renováveis como excelente maneira de suprir as necessidades de eletricidade e manter e eficiência energética no planeta. Atualmente, grande parte dos países investe e aposta nas novas tecnologias de geração de energia solar, energia eólica, hídrica, além de outras formas de substituir os combustíveis fósseis e o petróleo.

O investimento em pesquisas sobre o etanol e os biocombustíveis também recebem mai atenção por parte dos governantes, fato que pode ser comprovado com o exemplo do Brasil, que obtém 87% da energia elétrica com o uso de fontes renováveis, através de suas usinas hidrelétricas e, a geração de álcool combustível. O negócio mais interessante em termos de energia alternativa renovável é que existem muitas formas e métodos de transformação de energia. Entre os principais benefícios do uso de energias alternativas renováveis estão: eliminação de resíduos sólidos, produção de energia de forma local e a preços mais baixos, geração de energia sustentável e produção interna que atende a demanda com direito a energia excedente para outros fins.

O lixo doméstico, ao ser processado, pode servir como fonte de geração de energia. Além do benefício energético, quem agradece é o meio ambiente, ao passo que todo esse lixo sólido será “reciclado”, em vez de ser depositado em lixões espalhados por regiões próximas aos rios, lagoas, entre outros. Essas fontes de energia renováveis jamais se acabam - ao contrário do carvão, gasolina e petróleo, que são conhecidos como fontes esgotáveis de energia, as fontes de energia alternativa sempre se renovam.

Outro fator importante é que, ao contar com técnicas de captação de energia renovável, os países podem produzir internamente a energia consumida pela sua população, e o mais importante: a preços bem mais baixos. Ao contrário do que acontece com a energia proveniente do petróleo, em que os países não produtores dessa commodity precisam pagar o preço estipulado no mercado, a energia gerada pelo sol, pelos ventos e por recursos hídricos não depende de negociação de mercado.

Contudo, é importante que os países contem com centros de pesquisas avançados e com toda a tecnologia disponível hoje no mundo que os possibilitem viabilizar os projetos de energia renovável. A outra boa notícia é que, com fontes alternativas de energia, tendência é de que há um futuro mais “limpo” para a humanidade. O fato de que os combustíveis fósseis, quando queimados, liberam gases tóxicos e venenosos como o monóxido de carbono, óxido de chumbo, e assim por diante, significa que esse tipo de produção energética não seria ideal, especialmente em longo prazo, para a humanidade.

Autor(es):
Editora

facebook      twitter      google+

Energia
 Veja todas as noticias e artigos relacionados a Energia